Presidente da Comissão de Saúde defende Emenda Constitucional

O presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Ney Leprevost, posicionou-se contra a proposta de diversos governos – entre eles o do Paraná – que pretendem descaracterizar a Emenda Constitucional 29. Essa emenda determina um gasto de no mínimo 12% da receita em Saúde Pública.

 “Os governadores de diversos estados querem que os gastos com planos de saúde do funcionalismo e saneamento básico sejam considerados no cálculo. Esta questão é um equívoco conceitual, pois mesmo os 12% são insuficientes para atender toda a demanda clínica e hospitalar gerada no SUS”, afirma Ney.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *