Deputado investiga qualidade da água servida aos curitibanos

O deputado Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa, está preocupado com a qualidade da água consumida pela população de Curitiba e Região Metropolitana.

“Antes de serem tratadas pela SANEPAR as águas que nascem nos mananciais da serra sofrem todo tipo de contaminação, principalmente por esgotos que são despejados ou se infiltram nos rios. Ao chegar na estação de tratamento, esta água contaminada com matéria orgânica recebe cloro, o que em excesso pode gerar uma substância cancerígena chamada trihalometano”, explica Ney.

Para saber se a população está realmente correndo riscos devido à água que abastece Curitiba, o deputado protocolou hoje um ofício ao Ministério Público perguntando se houve melhoras na qualidade da água servida à população pela SANEPAR desde o ano 2000, período que foram feitos alertas de parlamentares sobre o trihalometano.

Na sessão desta terça-feira, Leprevost também irá protocolar um pedido de informações a Sanepar questionando se a qualidade da água servida à população paranaense está sendo monitorada, quais os registros sobre o assunto existentes na atualidade, quem tem acesso aos dados referentes à qualidade da água e quais as providências tomadas em relação ao problema desde o ano 2000, época em que foi protocolada uma denúncia no Ministério Público sobre o trihalometano.

“As pessoas têm o direito de saber se a água de Curitiba é, ou não é, cancerígena. E a SANEPAR, caso o problema tenha se agravado, tem obrigação de resolve-lo, pois cobra para oferecer água de qualidade e tratamento de esgoto”, afirma Ney.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *