Comissão de Saúde marca audiência pública para debater proposta do Governo

Presidente tem restrições a preenchimento de cargos na Saúde por critérios políticos

O presidente da Comissão de Saúde, Ney Leprevost, marcou para a próxima quarta-feira, 30 de abril, às 11 horas, uma audiência pública para analisar a proposta do Governo do Estado que prevê a criação de 182 cargos comissionados na Secretaria de Saúde. Leprevost enviou ofício hoje (24) convidando a Secretária estadual de Administração, o diretor administrativo da Secretaria de Saúde e as diretorias do SindSaúde e do Sindicato dos Médicos para debaterem o projeto.

Ocorre que esta semana a Comissão de Constituição e Justiça aprovou uma emenda que obriga o Governo a realizar, no prazo máximo de 12 meses, concurso público para contratação de pessoal especializado para ocupar os cargos de direção e chefia nos 23 hospitais que deverão entrar em operação nos próximos anos. Porém, a bancada do Governo pretende derrubar a emenda em plenário, o que deixaria o governador livre para nomear os 182 cargos de acordo com os critérios que bem entender.

Saúde pública é um assunto muito sério para ser partidarizado. Acredito que se deixamos esse cheque em branco para o Governo, corremos o risco de ver, amanhã ou depois, diretores de hospitais sendo nomeados por critérios pessoais ou políticos, afirma Ney.

Leprevost acredita que a mesa executiva da Casa irá encaminhar o projeto para discussão dos membros da Comissão, já que o Regimento Interno estabelece que a mesma deve dar pareceres sobre todos os assuntos relacionados à área de saúde.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *