MÃOS E PÉS

MÃOS E PÉS

Cuidados caseiros para evitar o “Pé de Atleta”

-Mantenha o pé infectado descoberto e seco.
-Troque as meias sempre que estiverem úmidas.
-Use apenas meias brancas para evitar qualquer irritação pela tintura.
-Use um secador de cabelos para secar seus sapatos ou deixe-os fora de casa para secar.
-Não use sapatos que estejam úmidos – espere até que estejam totalmente secos por dentro.
-Use sprays para fungos, pós e também cremes.

Trabalhadores que geralmente desenvolvem a síndrome do “Túnel de Carpo”:

-Trabalhadores de linha de montagem.
-Carpinteiros.
-Digitadores.
-Processadores de carne.
-Mecânicos.
-Músicos, especialmente aqueles que tocam instrumentos de corda.

Prevenindo a síndrome do Túnel de Carpo

-Dê paradas regulares quando realizar atividades que requerem movimentos repetitivos do punho.
-Ocasionalmente, se possível, mude a forma como você faz os movimentos.
-Se você digita, ajuste a cadeira para que seus antebraços fiquem no nível do teclado. -Utilize um suporte para o punho.

Como aparar, cuidadosamente, os calos

-Use uma tesoura pequena e afiada.
-Corte paralelamente à superfície da pele.
-Comece no centro, cortando um pouco mais profundo a cada vez.
-Se a área fica mais confortável quando você pressiona com seu dedo, você aparou pele suficiente.
-Se você se cortar, pressione para parar de sangrar. Depois aplique um remédio antibiótico e um band-aid. Evite que isto aconteça, sendo cuidadoso e não aparando em exagero.

Se você tem diabetes, deixe seu médico ou podólogo (médico especializado em cuidar dos pés) remover as calosidades para prevenir danos ou possíveis infecções. As pessoas com diabetes têm risco elevado de adquirir infecções sérias de feridas nos pés.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *