Comissão de Turismo presidida por Ney Leprevost aprova Rota Turística dos Parques do Paraná

Nesta-terça feira, dia 16, o deputado Ney Leprevost presidiu mais uma reunião da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa. O encontro foi realizado na sala anexa ao plenário e contou com a presença dos deputados Ney Leprevost, Maria Vitória, Tercílio Turini e Anibelli Neto.

Na oportunidade, a Comissão de Turismo tratou de temas relevantes como: a instituição da Região Turística Norte Pioneiro, um projeto de autoria dos deputados Claudia Pereira e Pedro Lupion e da Região Turística de São Jeronimo da Serra, de autoria dos deputados Tercílio Turini e Anibelli Neto.

Também foi aprovada a Rota Turística dos Parques do Paraná, um projeto de autoria da deputada Maria Vitória. Integram a Rota Turística dos Parques do Paraná: o Parque Estadual de Amaporã; Parque Estadual do Boguaçu; Parque Estadual da Cabeça do Cachorro; Parque Estadual de Campinhos; Parque Estadual de Caxambu; Parque Estadual de Cerrado; Parque Estadual Graciosa; Parque Estadual do Guartelá; Parque Estadual de Ibicatu; Parque Estadual Ibiporã; Parque Estadual da Ilha do Mel; Parque Estadual João Paulo II; Parque Estadual Lago Azul; Parque Estadual das Lauráceas; Parque Estadual Mata Godoy; Parque Estadual Mata São Francisco; Parque Estadual do Monge; Parque Estadual de Palmas; Parque Estadual Pico do Paraná; Parque Estadual do Pau Oco; Parque Estadual do Penhasco Verde; Parque Estadual Pico do Marumbi; Parque Estadual Prof. José Wachowicz; Parque Estadual do Rio Guarani; Parque Estadual do Rio da Onça; Parque Estadual Roberto Ribas Lange; Parque Estadual de Santa Clara; Parque Estadual de São Camilo; Parque
Estadual Serra da Baitaca; Parque Estadual da Serra da Esperança; Parque Estadual do Vale do Codó; Parque Estadual de Vila Rica do Espirito Santo; Parque Estadual de Vila Velha; e Parque Estadual Vitório Piassa.

De acordo com o deputado Ney Leprevost, “o turismo é uma indústria sem chaminés, que gera milhares de empregos a longo, médio e curto prazo. O Paraná tem inúmeros atrativos turísticos que precisam ser explorados de forma sustentável”, disse.

(Via Assessoria de Imprensa – Rodrigo França)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *