Ney Leprevost propõe que o SUS comece a adotar método não invasivo para tratamento do câncer de próstata

O deputado Ney Leprevost recebeu nesta terça-feira a visita do dr. Marcelo Bendhack, médico urologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, que veio fazer uma explicação sobre o método HIFU para tratamento não invasivo para o câncer de próstata.

O deputado está pedindo que a Anvisa renove a permissão para importação do equipamento Sonablate, que é utilizado para tratamento pelo método HIFU e enviando documentos que explicam como funciona este método. Ney também está pedindo credenciamento no SUS (Sistema Único de Saúde) e nos planos particulares de saúde para que esse método, que já é utilizado nos Estados Unidos, passe a ser utilizado no Brasil. “Se um país que tem a medicina muito mais evoluída que a nossa e tecnologia mais avançada utiliza, está na hora do Brasil liberar também”, disse Ney.

A principal vantagem da utilização do método Hifu é que o procedimento não é invasivo, diferente da cirurgia oncológica, que é praticada atualmente. Não tem os malefícios do pós-cirúrgico e o risco cardiovascular e de sangramento é mínimo, próximo a zero, explicou o dr. Bendahck.

Outras vantagens são que: pela cirurgia tradicional de 50 a 80% das pessoas podem vir a ter disfunção erétil pós tratamento, enquanto que pelo método HIFU este número cai para 7 a 26% das pessoas. Pelo método HIFU de 0 a 2% dos pacientes, após o tratamento, tem incontinência urinária, enquanto que pela cirurgia tradicional este índice sobe para 8 a 15%.

“Nós precisamos que este método seja colocado à disposição dos pacientes no Brasil”, afirmou Ney.

E complementou: “Esse método até hoje não foi popularizado no Brasil pelo custo. Percebe-se que o Sus e os planos de saúde estão colocando os números acima dos interesses do bem estar do cidadão. Isto tem que mudar e nós estamos aqui encaminhando documento para o Ministério da Saúde, para Anvisa, para a Secretária de Estado da Saúde e para os planos de saúde pedindo para que abram estudos para utilizar o método HIFU”, finalizou.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *