Relator da CCJ dá parecer favorável ao projeto de Ney Leprevost que institui o “Teste do Bracinho” para identificar precocemente níveis elevados de pressão arterial em crianças (Via #EquipeNL)

O projeto de lei (PL) do deputado estadual Ney Leprevost, que pretende instituir a prática do “Teste do Bracinho” nas consultas pediátricas em crianças a partir de três anos de idade atendidas pela rede pública de saúde no Paraná, conseguiu parecer favorável pelo relator da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado Romanelli.

O parlamentar, que é líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, explica que o objetivo é identificar precocemente níveis elevados de pressão arterial em crianças para iniciar o mais rápido possível o tratamento.

“O Teste do Bracinho é feito com um aparelho simples chamado esfigmomanômetro, é indolor e afere a pressão arterial. O exame não gera nenhum ônus extra para o Poder Público, já que todas unidades de saúde já utilizam este mesmo equipamento para medir a pressão de adultos”, disse Ney.

De acordo com o texto do PL, o Poder Público ficará encarregado de realizar o exame e de organizar campanhas educativas para divulgar o tema com o objetivo de conscientizar a população paranaense sobre o diagnóstico e tratamento da doença.

Antes de ser submetido em plenário para votação final, o projeto será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça, Comissão de Saúde Pública e pela Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente e das Pessoas com Deficiência.

(Via Assessoria de imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *