Aprovado projeto de Ney Leprevost para que serviços de difusão de imagens sob responsabilidade do Poder Público tenham programação com tradução de libras (Via #EquipeNL)

Foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 718/2017, de autoria dos deputados Ney Leprevost e Felipe Francischini, que altera a lei nº 18.419/15 e insere a tradução simultânea em língua brasileira de sinais – libras, nos serviços de difusão de imagens sob responsabilidade do Poder Público no Estado do Paraná.

De acordo com o texto, no primeiro ano que vigorar a lei a programação deverá ter no mínimo 10% das transmissões com tradução simultânea em língua brasileira de sinais. Para segundo ano, a meta será atingir 20% da programação atendida pelo serviço. No terceiro ano, 50% da programação deverá contar com a tradução simultânea. E no quarto ano, 100% de cobertura deverá ter tradução em libras.

De acordo com o deputado Ney Leprevost “o projeto tem por objetivo instrumentalizar a acessibilidade às pessoas com deficiência auditiva nos meios de comunicação, pois sem uma regulamentação o Poder Público permanecerá inerte”, disse Ney.

(Via Assessoria de Imprensa – Rodrigo França)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *