Convênios beneficiam municípios, instituições e famílias paranaenses (Via #EquipeSejuf)

Uma série de convênios que liberam recursos ou serviços para municípios e organizações da sociedade civil, beneficiando direta ou indiretamente milhares de paranaenses, foi assinada na manhã desta quarta-feira (27/03) no Palácio Iguaçu pelo governador Ratinho Junior e pelo secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Um deles prevê o repasse de R$ 3,8 milhões para o PequenoCotolengo, instituição fundada por São Luis Orione na Itália e instalada em Curitiba em 1965, acolhendo pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades e de qualquer região do estado do Paraná.

Este foi o segundo termo aditivo do convênio com o Cotolengo, dentro do programa “Acolher para Proteger”, com recursos do Tesouro estadual.

Outros três convênios foram firmados com os municípios de Maringá, Prudentópolis e Campo Largo para a construção de novas sedes do Conselho Tutelar nos referidos municípios. Com a parceria, as prefeituras doam os terrenos e Sejuf repassa os valores para a construção das obras. O investimento é em torno de R$ 700 mil por unidade (R$ 2,1 milhão nesses três convênios). Os recursos são provenientes do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), com aprovação do Cedca (Conselho Estadual da Criança e do Adolescente).

Outra ação proveniente de um convênio beneficiará diretamente famílias em vulnerabilidade social incluídas no Programa Família Paranaense, que receberão cursos de capacitação pessoal e profissional ofertados de forma gratuita pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). A previsão inicial é de ofertar cursos em 30 municípios, que ainda serão selecionados pelo programa.

Por fim, um termo de cooperação técnica com a Secretaria de Segurança Pública vai permitir a realização de uma campanha preventiva do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride). Como os recursos são do provenientes do FIA, é a Sejuf quem faz o repasse dos valores.

Tripé – O governador Ratinho Junior lembrou na cerimônia que o governo precisa ser eficaz, mas sem jamais deixar de lado a área social. “Nosso governo é pautado por um tripé: gestão eficiente, com rapidez nas decisões; infraestrutura, planejando em 2010 o Paraná de 2030; e por fim a questão social: olhar para quem precisa. Nós olhamos especialmente para as crianças e os idosos, que são aqueles que muitas vezes mais precisam do poder público”, disse. “Por isso eu parabenizo o secretário Ney Leprevost e toda sua equipe pela qualificação e pela rapidez com que estão tocando os projetos, dando um show na área social”, concluiu.

“Agradeço ao governador Ratinho Junior por ter me dado essa oportunidade para trabalhar e poder melhorar as condições de vida das famílias mais humildes e daqueles paranaenses que se encontram vulnerabilidade social. Vamos trabalhar pelas crianças, pelos idosos e pelas pessoas com deficiência”, disse o secretário Ney Leprevost.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *