Força-Tarefa Infância Segura e Ministério da Economia fazem operação contra trabalho infantil em Curitiba

Governo do Paraná e o Governo Federal uniram forças e deflagraram na noite desta sexta-feira (05) nova fase da ação que faz parte do Operativo de Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador de 2019.

A operação foi liderada pela Força-Tarefa Infância Segura, a Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, Polícia Militar e AIFU (Ação Integrada de Fiscalização Urbana), com apoio de departamentos da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), órgãos municipais, BPTran, Corpo de Bombeiros e Conselho Tutelar.

Foram visitados estabelecimentos nos bairros Água Verde, Centro, São Francisco e Alto da XV, selecionados pelo governo federal por já terem recebido denúncias de exploração de mão-de-obra infantil. Houve apreensão de drogas ilícitas, autuação de estabelecimentos e encaminhamento de adolescentes por estarem em locais de risco.

As equipes também realizaram abordagens em bares e casas noturnas a fim de combater, conscientizar e sensibilizar a população sobre o combate à violência e ao trabalho infantil.

O secretário da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost, acompanhou de perto toda a ação. “Essa nova fase da Força-Tarefa serviu como mais um meio de atuar na prevenção e repressão de crimes contra a criança que tratamos como prioridade nesta gestão”, disse.

Segundo o coordenador da Força-Tarefa e diretor do Departamento de Justiça da Sejuf, Felipe Hayashi, a cooperação integrada entre as esferas estadual e federal é fundamental. “Essa operação faz parte da ação 2 do nosso Pacto. Foi uma demanda que veio da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, e os auditores do Trabalho aqui do Paraná pediram apoio da Força-Tarefa para fiscalizar possíveis focos de trabalho infantil em estabelecimentos comerciais”, destacou, reforçando também a divulgação do Canal de Denúncias 181 durante a operação.

Mobilização nacional – O auditor fiscal da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, Rui Tavares, também acompanhou a ação em Curitiba. “Essa ação pertence ao Operativo de Combate ao Trabalho Infantil do Ministério da Economia, e executado aqui no Paraná pela Superintendência Regional do Trabalho. A intenção é fiscalizar se há adolescentes e crianças trabalhando na venda de bebidas alcoólicas, que é uma atividade proibida para menores de 18 anos”, explicou. A ação está sendo realizada em todo o país, já como uma forma de mobilização para o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *