Osmar Terra, Ratinho Junior e Ney Leprevost implantam o Criança Feliz Paraná

Programa vai ajudar as famílias no estímulo do desenvolvimento das crianças em seus primeiros anos de vida, quando surge a maior parte das suas competências, e também na segunda infância

Os governos estadual e federal estão trabalhando em conjunto para desenvolver ações de proteção à infância. A iniciativa foi confirmada nesta quinta-feira (18) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

A parceria permitirá a implantação do programa Criança Feliz em todo o Paraná. De início, o governo federal disponibilizou R$ 1,2 milhão para iniciar as atividades e estimular o desenvolvimento de crianças, especialmente de famílias de baixa renda.

Em cerimônia realizada no Bosque São Cristóvão, em Curitiba, o ministro Osmar Terra disse que o projeto foi desenvolvido com base em descobertas científicas que comprovam a importância dos primeiros anos de vida para a criança desenvolver a capacidade de aprendizagem.

Segundo o governador Ratinho Junior, a adesão ao programa mostra a união de esforços entre os governos estadual e federal, o que deverá ser uma constante na área social, segundo também afirmou Osmar Terra. “Vamos juntar forças para formar uma geração com um futuro melhor”, disse o ministro.

No Paraná, o projeto se soma à Força-Tarefa Infância Segura, que trabalha com ações de prevenção e repressão a crimes contra crianças, criado pela Sejuf. “A Força-Tarefa Infância Segura, criada pelo secretário Ney Leprevost tem o importante papel de defender e proteger as nossas crianças. Estamos muito felizes de começar o Criança Feliz em sintonia com os demais programas do governo do Paraná”, disse Ratinho Junior.

O programa vai ajudar as famílias no estímulo do desenvolvimento das crianças em seus primeiros anos de vida, quando surge a maior parte das suas competências, reforçou o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “A infância é prioridade máxima no governo Ratinho Junior, assim como os idosos”, defendeu o secretário.

AÇÕES – Leprevost explicou que o programa integra ações de saúde, assistência social, educação, justiça e cultura; e será desenvolvido nas cidades que são elegíveis por terem unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou população que recebe o Bolsa Família.

“Pela forma com que o secretário Ney Leprevost se empenhou para implantar o programa aqui no Paraná, certamente o estado será um de nossos grandes parceiros. Muito obrigado”, finalizou o ministro.

PONTO CENTRAL – O ponto central do Criança Feliz é a visita semanal de técnicos às casas das famílias de baixa renda para acompanhar e estimular o desenvolvimento das crianças até os 3 anos de idade. O programa atende também crianças de até 6 anos afastadas do convívio familiar. Mas, no Paraná, será estendido para a chamada segunda infância, com atendimento a crianças de até 12 anos.

“Além do aspecto de saúde e assistência, a intenção desta ampliação é impactar também numa redução do número de adolescentes em conflito com a lei”, explica o diretor do Departamento de Assistência Social da Sejuf, Fernando Castellano. “Aqui no Estado teremos convênios para criar ações de lazer e brincadeiras para crianças da comunidade nos municípios, com a implantação de brinquedotecas”.

Também estão previstos o acompanhamento de mães detentas e seus filhos no sistema prisional e a busca de parcerias com universidades para a inclusão de profissionais de enfermagem e de odontologia no atendimento às crianças”, completa o diretor.

PRESENÇAS – Estiveram presentes ao lançamento a primeira-dama do Estado, Luciana Saito Massa; a secretária nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, Ely Harasawa; a ex-governadora Cida Borghetti; os deputados federais Christiane Yared, Leandre dal Ponte, Ricardo Barros e Rubens Bueno; o deputado estadual Emerson Bacil, o secretário de Esportes do Ministério da Cidadania, o ex-jogador Washington; o superintendente de Esportes do Paraná, Hélio Wirbiski; os vereadores Oscalino do Povo, Jairo Marcelino, Bruno Pessuti, Maria Manfron e Edmar Colpani; e o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque.

Prestigiando o evento, alunos das escolas estaduais Francisco Zardo, Santa Felicidade, Angelo Trevisan, São Braz, Padre Cobalchini, Helena Dionísio, Ivo Zanlorenzi, Emília Biazetto, Divina Pastora, Maria Lopes de Paula (Almirante Tamandaré), Tancredo Neves (Almirante Tamandaré), Escola Adventista Vista Alegre e São José dos Pinhais, ABBA Promoção Social, Associação Beneficente Projeto Nossa Terra, Projeto Ginástica Artística e Aldeia Indígena Tupã Nhe’e Kretã, de Morretes.

(Via Assessoria de Imprensa)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *