Sejuf presta homenagem a Fani Lerner

 
A primeira secretária da Criança e Família do Paraná será homenageada pelo Governo do Paraná. Dia 23 de abril, às 16 horas, a Sala de Gestão do Palácio das Araucárias passará ser denominada de Espaço Fani Lerner. “É importante oferecer reconhecimento público às pessoas que modificam o ambiente à sua volta”, diz o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, autor da proposta, lembrando que Fani criou 16 programas para melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em vulnerabilidade pessoal e social.
 
Filha de imigrantes judeu-poloneses que vieram para o Brasil para escapar do nazismo, Fani Lerner nasceu em 1945 e morreu em 2009, em Curitiba. Casada com o arquiteto e ex-governador Jaime Lerner desde 1964, deixou as filhas Andrea, casada com Sebastiaan Bremer, e Ilana, casada com Cláudio Hoffmann, e os netos Ben, Liana, Tobias e Sophie.
 
Fani ocupou postos nas gestões de Jaime Lerner na Prefeitura de Curitiba (1971 a 1975, 1979 a 1983 e 1989 a 1993) e também no Governo do Estado (1995 a 1999 e 1999 a 2003).
 
Foi neste período que ganhou reconhecimento internacional pela viabilização de 500 creches e o atendimento a 485 mil crianças em dois turnos e, ainda, pela criação da Super Sopa – um dos projetos de maior sucesso e com maior alcance social, por ser um complemento alimentar no combate à mortalidade infantil e a desnutrição. Feita a partir do processamento de hortaliças e leguminosas excedentes da comercialização, a sopa era destinada à crianças carentes de zero a seis anos, diminuindo a mortalidade infantil tendo em vista o seu rico poder nutricional.
 
Prêmio Kellogg’s – Em 2003, Fani Lerner foi a vencedora do Prêmio Kellogg’s para o Desenvolvimento da Criança, oferecido pela organização americana World of Children, pelo programa “Da Rua Para a Escola”, que trocava uma cesta básica de alimentos por frequência e aproveitamento nos bancos escolares. Esse programa retirou das ruas mais de 80 mil crianças em todo o Paraná. A premiação é a mais importante do mundo na área de ação social voltada à criança e foi a primeira vez que o prêmio veio para a América Latina.
No governo do Paraná, Fani criou 16 programas voltados para crianças e adolescentes carentes. Entre eles a Casa do Piá, um abrigo para crianças de rua, fornecendo refeições e proteção contra o frio, além de apoio social. Ela trabalhou ainda pela redução da mortalidade infantil e da mortalidade materna causada por complicações de gravidez e parto.
 
Foi a fundadora do Provopar da capital e teve participação na criação dos programas Vale Creche, Piá, SOS Criança, Meninos e Meninas de Feira e Casa Nova Esperança.
 
Fani Lerner morreu em maio de 2009, aos 63 anos, vítima de um câncer.
 
SERVIÇO:
Homenagem a Fani Lerner
Data – 23 de abril de 2019
Horário – 16 horas
Local – 7º andar do Palácio das Araucárias | Rua Jacy Loureiro de Campos, s/nº
 
(Via Assessoria de Imprensa)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *