Secretário da Justiça determina investigação de vans piratas que colocam em risco as crianças

O secretário da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost, determinou nesta sexta-feira (17), durante reunião com o presidente do Sindicato dos Operadores de Transporte Escolar em Curitiba, que seja realizada uma investigação, por meio da Força-Tarefa Infância Segura, com posterior parceria com Conselho Tutelar, BPTran e URBS, para combater a circulação irregular de vans escolares clandestinas que transitam por Curitiba e Região Metropolitana.
 
Os veículos são usados irregularmente para o transporte de crianças e adolescentes até as escolas e suas casas. Segundo o secretário Ney Leprevost, “esses clandestinos que circulam sem autorização por parte da Urbs, às vezes tem carteira de motorista cassada, nenhum tipo de suporte e muito menos equipamentos de segurança”, disse o secretário.
 
De acordo com o presidente do Sindotec, Marcio Bonardi, “esse tipo de irregularidade é muito comum em cidades grandes, como São Paulo e Rio de Janeiro, e aqui em Curitiba queremos combater logo, para não tomar enormes proporções”.
 
PROTEÇÃO À CRIANÇA – Uma das prioridades na gestão do governador Ratinho Júnior é a defesa e a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.
 
ORIENTAÇÃO AOS PAIS – O Sindicato e a Sejuf orientam que os pais fiquem atentos nas documentações do veículo e do motorista, e sempre verifiquem as carteiras de motorista e da Urbs, para que as crianças façam uma viagem segura até os destinos.
 
Participaram também da reunião o vice-presidente do Sindicato dos Operadores de Transportes Escolar em Curitiba (Sindotec), Douglas Carlos Silveira e o pastor Luiz de Cristo.
 
(Via assessoria de imprensa)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *