Procon-PR tem aumento de reclamações em 35% no primeiro semestre

O Paraná é o segundo estado do país com maior número de reclamações de abusos por parte de fornecedores de bens e serviços nas relações de consumo, proporcionalmente à sua população, com aproximadamente duzentos mil atendimentos registrados pela plataforma consumidor.gov.br no Paraná desde o início da plataforma, em 2014. Apenas o Distrito Federal tem mais queixas. Os dados são do Procon-PR, órgão vinculado à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná (Sejuf), que faz o atendimento aos consumidor.

O Procon-PR registrou, de janeiro a junho deste ano, na gestão do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, 45.256 reclamações, o que reflete em um aumento de 35% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram recebidas 33.303, principalmente por meio da plataforma consumidor.gov.br. As cinco empresas que mais foram alvo de queixas são operadoras de telefonia e, juntas, respondem por 40% das reclamações.

De acordo com o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, esse incremento é resultado de campanhas de orientação do consumidor e também para divulgação da plataforma que tornou mais fácil e ágil agir quando há irregularidades nas relações de consumo. “Temos buscado dar mais visibilidade à ferramenta. Este número é muito benéfico, pois demonstra que o cidadão paranaense tem buscado a proteção dos seus direitos”, disse o secretário.

O Procon é responsável pela orientação, defesa e educação do consumidor e também realiza audiências de conciliação buscando uma solução para as reclamações apresentadas pelos consumidores. “Somente nos canais preliminares de solução de conflitos disponibilizados pelo órgão, incluindo o consumidor.gov.br, aproximadamente 80% dos consumidores tiveram sua demanda resolvida, percentual bastante positivo”, avalia a chefe do Procon-PR, Claudia Silvano. No Paraná, as reclamações são solucionadas num prazo médio de 10 dias.

Plataforma útil – A plataforma consumidor.gov.br, serviço oferecido pelo Procon-PR que permite que o consumidor reclame sem sair de casa, pelo computador ou smartphone, chegou a dois milhões de registros, desde que foi disponibilizada para os consumidores, em 2014. O serviço possibilita a interlocução direta entre consumidores e fornecedores através da internet e é gerenciada pelo órgão do consumidor.

Claudia Silvano pondera que o Procon-PR trabalha incansavelmente para divulgar o consumidor.gov.br para o cidadão, já que a ferramenta é simples e está disponível em todo o Paraná, bastando que o consumidor tenha acesso à internet. “Por esse site, é possível fazer sua reclamação ou denúncia sem sair de casa. Mas para os consumidores paranaenses que buscam informações sobre seus direitos e deveres nas relações de consumo, o Procon-PR também faz atendimentos por telefone, email e pessoalmente”, finaliza.

Além do site, a plataforma de reclamações está disponível também em aplicativos para IOS e Android:

Android – https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.consumidor
iOS – https://itunes.apple.com/br/app/consumidor-gov/id1086176447?mt=8

https://itunes.apple.com/br/app/consumidor-gov/id1086176447…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *