Ministério da Justiça, Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e Secretaria de Segurança implantam no Paraná programa inédito de prevenção à violência e à criminalidade

Ações começam entre o final de agosto e o começo de setembro. São José dos Pinhais é uma das 5 primeiras cidades do país a receber o projeto_

A convite do Governo Federal, as secretarias de Justiça, Família e Trabalho e de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná vão participar de um novo programa de enfrentamento à criminalidade coordenado pelo Ministério da Justiça.

Num primeiro momento, cinco cidades brasileiras receberão um piloto do programa – dentre elas São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). As primeiras operações deverão entre acontecer entre o final de agosto e o início de setembro, envolvendo várias policias.

O programa será dividido em duas fases: a primeira terá operações ostensivas, com a participação da Policia Militar, Federal, Força Nacional, Polícia Rodoviária e outras forças policiais, além da Força-Tarefa Infância Segura. Também haverá participação da Polícia Judiciária, com o objetivo de cumprir mandatos e retirar de circulação líderes de facções criminosas.

Na segunda fase, serão implantadas ações de cidadania e prevenção à criminalidade. A Sejuf participará com os departamentos da Criança e do Adolescente; Socioeducativo; Assistência Social e Justiça. Serão promovidos eventos públicos de rua e ações de prevenção ao uso de drogas nas escolas, dentre outras.

A segurança pública é uma das prioridades do Estado na gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior. E a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho tem papel fundamental na prevenção e na educação contra a criminalidade. “Não adianta as polícias agirem na repressão se as futuras gerações seguirem no caminho do crime. É fundamental que haja medidas educativas intensas para afastar os jovens dos grupos criminosos. São ações paralelas e fundamentais”, avalia o secretário Ney Leprevost.

*Projeto* – O projeto prevê diagnóstico de criminalidade, cooperação entre forças policiais, planejamento de força-tarefa com foco em redução de criminalidade e ações de segurança pública integradas com as áreas de saúde, educação, habitação, emprego, cultura, esporte e turismo.

Além de São José dos Pinhais, no Paraná, outras quatro cidades do país também vão participar. A escolha das localidades foi baseada nas estatísticas criminais e nos índices de criminalidade de cada região. Após a fase inicial do projeto, ele será expandido para outros estados.  (via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *