Ratinho Junior e Ney Leprevost garantem repasse de mais R$ 2,7 milhões para entidades que atendem crianças e adolescentes com deficiência e Apaes

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) do Governo do Paraná repassa nesta quarta-feira (18/09) mais R$ 2,7 milhões para 31 entidades que atendem crianças, adolescentes e pessoas com deficiência de vários municípios do Paraná, incluindo várias Apaes municipais. A assinatura do termo de fomento será realizada às 15 horas, no 6º andar do Palácio das Araucárias.

O atendimento à criança e à pessoa com deficiência é uma prioridade do governador Ratinho Junior. “Essa entidades são grandes parceiras do poder público no atendimento à população que mais precisa”, lembra o secretário Ney Leprevost. “É uma felicidade enorme poder ajudar nessa corrente do bem”, completa.

Os recursos são oriundos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) e serão destinados a projetos aprovados pelo Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente. É o caso do Pequeno Cotolengo do Paraná, que vai utilizar o dinheiro na aquisição de equipamentos para hidroterapia, permitindo aos pacientes trabalhar a amplitude de movimentos, fortalecimento muscular, estimulação dos movimentos ativos, controle de movimentos e aumento das habilidades motoras.

Já na Associação de Apoio a Criança Carente de Piraquara (Acrica), os recursos serão utilizados para proteger crianças que não têm onde ficar enquanto seus pais trabalham fora, permanecendo muitas vezes aos cuidados de irmãos mais velhos. Trata-se do projeto “Cidadania Direito de Todos”, que irá proporcionar às crianças e aos adolescentes um espaço alternativo de educação, cultura, recreação, reinserção social, oferecendo além da segurança, o crescimento intelectual compatível com cada faixa etária.

Confira todas as entidades beneficiadas:
• Associação Batista de Ação Social de Curitiba (R$ 79. 998,60)
• União dos Deficientes Físicos de Cambé (R$ 78.850,00)
• Aldeias Infantis SOS Brasil de Goioerê (R$ 100 mil)
• Associação de Apoio e Desenvolvimento Integral de Curitiba (R$ 60 mil)
• Vida Promocional Social de Curitiba (R$ 150 mil)
• APAE de Planalto (R$ 60 mil)
• APAE de Ibaiti (R$ 80 mil)
• Centro de Apoio Social ao Adolescente de Apucarana (R$ 128.882,20)
• APAE de Jaboti (R$ 60 mil)
• Associação de Educação Familiar do Paraná – Curitiba (R$ 149.797,05)
• APAE de Ortigueira (R$ 50.572,91)
• APAE de Lobato (R$ 28.356,19)
• APAE de Santa Mônica (R$ 30 mil).
• Associação Norte Paranaense de Reabilitação – Maringá (R$ 60.167,00)
• Associação de Atendimento Especializado e Reabilitação de Medianeira (R$ 75.781,00)
• Pequeno Cotolengo do Paraná – Curitiba (R$ 29.449,60)
• Associação Iniciativa Cultural – Curitiba (R$80.617,00)
• APAE de Terra Rica (R$ 40 mil)
• APAE Santa Fé (R$ 39.904,04)
• APAE São João do Caiuá (R$ 60 mil)
• APAE de Alto Paraná (R$ 56.486,60)
• APAE de Tibagi (R$ 80 mil)
• APAE de Pinhal de São Bento (R$ 30 mil)]
• APAE de Reserva (R$ 80 mil)
• APAE Coronel Vivida (R$ 21.911,50)
• Escola de Guardas Mirins Tenente Antônio João (R$ 150 mil)
• Aldeia Espírita da Criança dr. David Federmann – Ponta Grossa (R$ 150 mil)
• Casa da Criança e do Adolescente Padre Marcelo Quilici – Castro (R$ 150 mil)
• Escola de Futebol de Pais e Amigos de Santa Fé (R$ 150 mil)
• Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente – Piraquara (R$ 299.642,93)
• Abec Marista (R$ 100 mil)

(Via #Equipe#RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *