Paraná Rosa leva ações de saúde integral às mulheres

O Paraná deu início nesta terça-feira (01/10) à mobilização do Outubro Rosa. Neste ano, as ações de prevenção e promoção do cuidado integral da saúde das mulheres serão levadas a 43 municípios como parte da campanha Paraná Rosa, lançada nesta no Palácio Iguaçu pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, pela primeira-dama Luciana Saito Massa, pelo secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná, Ney Leprevost e pelo secretário da Saúde, Beto Preto.

O Paraná Rosa, idealizado pela primeira-dama Luciana Massa, é uma ação da Secretaria da Saúde em parceria com a Sejuf. “Além do cuidado médico, queremos incentivar que a mulher tenha uma rotina saudável. Precisamos nos permitir e buscar atividades que nos tragam prazer. O estilo de vida das mulheres pode ser um fator de risco para o desenvolvimento do câncer”, disse Luciana.

“O Governo do Estado promove uma grande mobilização, em conjunto com a sociedade e as prefeituras. A ideia é que todos os órgãos públicos façam parte deste movimento em favor da saúde das mulheres do Paraná”, afirmou o governador Ratinho Junior. “Nosso objetivo é fazer com que ações de conscientização com cuidados da saúde chegue ao máximo possível de mulheres do nosso Estado. É importante que elas façam os exames de prevenção do câncer de mama e de colo de útero, tenham acesso a mais informações e aos tratamentos necessários. Mas a prevenção é a melhor alternativa”.

As ações nos municípios, que incluem exames de saúde, palestras com profissionais das áreas de saúde, nutrição e educação física, começam já nesta quarta-feira (2) e seguem até o final do mês. A meta é atingir cerca de 3 milhões de mulheres.

“Vamos trabalhar firmes e unidos com ações de saúde do Paraná Rosa em diversos municípios para este combate, pois é alertando as pessoas para os cuidados e para a necessidade de prevenção que nós vamos conseguir vencer essa luta contra o câncer”, disse o secretário Ney Leprevost.

No evento, também foi assinado o decreto que institui a Política Estadual de Atenção à Saúde da Mulher, que apoiará o atendimento em todas as fases da vida da mulher, desde a primeira infância até a velhice, com foco também atenção materno-infantil.

Além dos 43 municípios que receberão o evento Paraná Rosa, diversas outras cidades farão ações de incentivo e cuidados com a saúde da mulher, como palestras, treinamentos e caminhadas, entre outros encontros. As atividades podem ser verificadas nas Regionais de Saúde ou Secretarias Municipais de Saúde.

Serão ofertados nos municípios a coleta de exames de colo de útero, agendamentos de mamografia, testes rápidos de hepatite, HIV e sífilis, vacinas e diversas atividades, como palestras. O objetivo é promover a autoestima da mulher. Além disso, as unidades móveis de atendimento itinerante à mulher em situação de violência, mais conhecidas como Ônibus Lilás, levarão orientação sobre violência doméstica e familiar, direitos da mulher e assistência social.

Os exames preventivos e de diagnóstico são de fácil acesso e estão disponíveis o ano todo pelo SUS. “O Outubro Rosa dá destaque à causa, mas os exames devem ser feitos a qualquer momento nas Unidades Básicas de Saúde. A prevenção ainda é o melhor remédio, pois se descoberto no início, as chances de cura do câncer são grandes”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

(Via #Equipe#RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *