Secretário da Justiça multa Claro e CVC por violarem o Código do Consumidor

O secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná (Sejuf), Ney Leprevost, autorizou nesta quarta-feira (30) multas do Procon-PR, que ultrapassam R$ 103 mil para telefônicas, agências de viagens, administradora de cartões de créditos, comércio de publicações que lesaram os consumidores.

Entre as empresas multadas estão empresa a Claro, a Club Administradora de Cartões de Créditos, Sony Brasil, CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A e Três Comércio de Publicações.

Os principais problemas que geraram a aplicação das multas são referentes a cobranças indevidas e prestação de serviços sem solicitação, propaganda enganosa, cobranças abusivas, aumento de preço sem justificativa é até mesmo produtos alimentícios com prazo de validade vencido.

“É nosso dever assegurar direitos de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. E o Procon faz este grande esforço, atendendo inicialmente a população pelos canais de solução de conflitos. Mas quando o infrator recusa o acordo ou a solução do problema, se sujeita à aplicação das sanções previstas na lei”, explica Ney Leprevost.

(Via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *