Em ação inovadora, gestão Ratinho Junior/Ney Leprevost vai repassar a bibliotecas públicas óculos com visão artificial para cegos

O Paraná será um dos primeiros estados brasileiros a proporcionar uma solução inovadora e tecnológica de “visão artificial” que permite a cegos e pessoas com visão reduzida que consigam ler livros e artigos e identificar pessoas pelos rostos, dentre outras funcionalidades. A Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná, por meio do Departamento da Política para Pessoa com Deficiência, acaba de adquirir cinco aparelhos OrCam MyEye – dispositivo acoplado a um óculos que fotografa, escaneia e transforma textos em áudio.

“O atendimento e a política para a pessoa com deficiência é uma prioridade do governo Ratinho Junior, e quando conhecemos essa tecnologia fizemos todos os esforços para adquirir alguns equipamentos e iniciar um projeto-piloto”, conta o secretário Ney Leprevost. De início, quatro unidades serão enviadas a bibliotecas públicas do estado e uma será destinada a uso em eventos da Sejuf, como o Paraná Cidadão e a Feira da Cidadania.

Quatro unidades do OrCam MyEye serão repassados pela Sejuf para a Biblioteca Pública do Paraná, de Curitiba, que ficará com duas unidades em sua sede em Curitiba e destinará outras duas para bibliotecas de Londrina e Cascavel. “É uma política pública inovadora que oferecerá opções reais e eficientes para que as pessoas com deficiência visual possam usufruir de todo o acervo das bibliotecas públicas, sem restrições. Mas, mais do que isso, oferecerá uma oportunidade inédita na vida dessas pessoas. É emocionante ver a reação de uma pessoa cega ao poder folhear um livro e pela primeira vez saber o que está escrito nele”, completa Leprevost.

O equipamento – O OrCam MyEye é o dispositivo de tecnologia assistiva mais avançado do mundo para pessoas com deficiência visual ou com dificuldade de leitura que permite a crianças, adultos e idosos a lerem textos impressos ou digitais, de perto ou de longe, em três línguas (português, inglês ou espanhol).

O dispositivo fotografa, escaneia e transforma instantaneamente textos de qualquer superfície em áudio. Isto acontece com livros, jornais, revistas, placas de rua, cardápios de restaurantes, nomes de lojas, mensagens do celular, folhetos etc.

Além disso, ele reconhece rostos, produtos, cores e cédulas de dinheiro em tempo real. Funciona em qualquer lugar e não requer conexão com a internet. Pesa apenas 22,5 gramas e pode ser acoplado em qualquer par de óculos.

(Via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *