Secretaria promove Encontro de Gestores Municipais da Assistência Social de Curitiba e Região Metropolitana

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho promove, no dia 17 de fevereiro, o Encontro de Gestores da Assistência Social, com representantes dos 29 municípios que compõem a área de atuação do Escritório Regional de Curitiba. “A Política de Assistência Social requer debates constantes para a implementação eficiente dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Assistência Social”, disse o secretário Ney Leprevost.

O encontro será realizado das 8h30 às 12 horas, na Sala Fani Lerner, no 7º andar do Palácio das Araucárias.

O Serviço Único de Assistência Social reorganiza os serviços, programas, projetos e benefícios relativos à assistência social considerando os que mais precisam. Garante proteção social básica e especial de média e alta complexidade, tendo a centralidade na família e base no território, ou seja, o espaço social onde seus usuários vivem.

A assistente social Denise Colin é a convidada especial para falar sobre “A atribuição e responsabilidade dos gestores na efetivação do SUAS. Discutir desafios e possibilidades.” Colin é diretora do Departamento de Planejamento e Gestão na Subprocuradoria de Planejamento Institucional do Ministério Público do Paraná, mas já ocupou o cargo de secretária nacional da Secretaria Nacional de Assistência Social, do Governo Federal.

Região Metropolitana – O encontro terá representantes dos municípios de Adrianópolis, Agudos Do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva Do Sul, Campina Grande Do Sul, Campo Do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco Do Sul, Rio Negro, São José Dos Pinhais, Tijucas Do Sul e Tunas Do Paraná. Os 29 municípios possuem 57 abrigos institucionais, 36 agencias do trabalhador, 31 casas-lares, cinco Censes, 06 Centros da Juventude, 122 Centros de Convivência, 11 Centros-Pop, 01 CRAM (atendimento à mulher vítima de violência), 106 CRAS, 29 CREAS, 01 residência inclusiva e duas semi-liberdade.

Na foto, Denise Colin convidada especial para falar sobre “A atribuição e responsabilidade dos gestores na efetivação do SUAS”.

(Via #Equipe#RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *