Ney Leprevost faz projeto para garantir exame móvel de diabetes e hipertensão

O deputado Ney Leprevost protocolou na Câmara Federal projeto de lei que estabelece o exame móvel de diabetes e hipertensão.

De acordo com o Ministério da Saúde, existem cerca de 13 milhões de brasileiros com hipertensão arterial. Esse número cresceu 14,2% na última década, passando de 22,5% para 25,7%. As mulheres, novamente, registram mais diagnósticos da doença – o grupo passou de 25,2% para 27,5%, contra índices de 19,3% e 23,6% registrados entre homens. Muita gente não sabe que tem a doença, até que ela provoque lesões nos órgãos vitais como o coração, os rins e o cérebro.

Uma pesquisa realizada pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgada pelo Ministério da Saúde, revelou que o número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% nos últimos 10 anos, passando de 5,5% da população para 8,9%. As mulheres registram mais diagnósticos da doença – o grupo passou de 6,3% para 9,9%, contra índices de 4,6% e 7,8% registrados entre os homens.

De acordo com o projeto, o exame móvel de diabetes e hipertensão vai contemplar prioritariamente os municípios brasileiros que se encontrarem com os menores percentuais de realização de exames para detecção de diabetes e hipertensão segundo o Índice de Desempenho dos SUS – IDSUS.

Os serviços públicos de saúde, por meio de unidades móveis deverão realizar os exames preventivos de diabetes e hipertensão.

Segundo o deputado Ney Leprevost “quando o diagnóstico é feito precocemente, as chances de cura são muito maiores. Por isso, é importante a informação”, afirmou.

(Via Assessoria de Imprensa) #EquipeNL

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *