Ney Leprevost protocola projeto de lei de proteção especial para os primeiros mil dias de vida dos bebês

O deputado Ney Leprevost protocolou na Câmara Federal projeto de lei que dispõe sobre a proteção especial durante os primeiros 1.000 dias de vida de todas as crianças nascidas na Rede Pública de Saúde.

De acordo com o texto, as grávidas deverão ser atendidas durante os 270 dias de gestação e os recém-nascidos deverão receber acompanhamento médico durante os outros 730 dias de vida, contabilizando 1.000 dias, que correspondem aos dois primeiros anos de vida da criança.

A proteção especial durante os primeiros 1.000 dias de vida ajuda a prevenir doenças crônicas como diabetes, hipertensão, osteoporose e doenças coronarianas. Segundo os especialistas, metade do crescimento cerebral ocorre nesse período, o bebê nasce com o cérebro desenvolvido na área sensorial, mas nessa etapa passa pelas maiores modificações cognitivas da vida e adquire habilidades motoras mais amplas, como andar e pegar pequenos objetos.

Segundo o deputado Ney Leprevost “a ideia é assegurar para as gestantes e bebês os serviços de proteção à vida, desde o pré natal até a criança completar dois anos de vida”.

Ainda de acordo com o projeto, os profissionais da saúde deverão alertar os pais sobre o aleitamento materno, alimentação saudável, vacinas, bons hábitos de higiene, carinho e atenção com a criança. O Poder Público ficará encarregado de realizar ações destinadas à conscientização e informações relacionadas à proteção necessária nos primeiros 1.000 dias de vida das crianças através de audiências públicas, seminários, palestras, simpósios, convênios, acordos e outros instrumentos congêneres com diversas entidades.

(Via assessoria de imprensa) #EquipeNL

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *