Programa Nossa Gente criado na gestão Ratinho Júnior/ Ney Leprevost está auxiliando mais de 62 mil famílias em situação de vulnerabilidade social

Durante a gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior e de Ney Leprevost como secretário de Justiça, Família e Trabalho, 62 mil famílias paranaenses em situação de vulnerabilidade social estão recebendo assistência através do Programa “Nossa Gente”.

O Programa tem como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida e reduzir a vulnerabilidade social das famílias residentes em territórios de maior concentração de pobreza, por meio da articulação de políticas e coordenação de serviços ofertados pelas diversas áreas do Governo. “O foco do programa é promover a potencialização da autonomia nas famílias, além de fomentar a inclusão social”, ressaltou o secretário Ney Leprevost.

Além do acompanhamento familiar intersetorial, o Programa Nossa Gente engloba outras ações e projetos, como: Nossa Renda, Renda Agricultor Familiar; Luz Fraterna; Aluguel Social; Caixa d’Água Boa; Inclusão Produtiva Solidária, Construções de Equipamentos Sociais (CRAS e CREAS), Cofinanciamento aos Municípios, Regularização Fundiária e Construções de Moradias.
O Programa ainda apoia municípios e famílias na superação da situação de emergência ocasionada pelo COVID-19, repassando recursos aos municípios.

ACOMPANHAMENTO FAMILIAR – A equipe técnica do Programa Nossa Gente Paraná da Sejuf, faz toda a gestão do Contrato 3129 OC BR, com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, no valor de US$ 100 milhões para execução dos projetos sociais em seis eixos principais: Assistência Social, Habitação, Educação, Saúde, Segurança Alimentar e Nutricional (que contempla a Agricultura) e Trabalho.

Para execução deste contrato, foi analisado o Índice de Vulnerabilidade das Famílias, que identificou através de 19 informações oriundas do Cadastro Único para Programas Sociais, CadÚnico, as famílias com maior grau de vulnerabilidade. Estas famílias são visualizadas pelos técnicos municipais e estaduais através de um sistema, especialmente desenvolvido para o Programa.

Segundo o coordenador do Nossa Gente Paraná, Hirotoshi Taminato, em 2020 foram registradas no sistema mais 32 mil famílias em acompanhamento, somando com 365 ações das mais diversas áreas. “O Programa está em constante inovação e traz novos métodos para o acompanhamento familiar realizado pelos técnicos da área da assistência social. O sistema de acompanhamento permite que sejam identificadas outras vulnerabilidades da família, além das contidas no CadÚnico, por meio de 58 questões respondidas pelos técnicos sobre a família. A partir da identificação da família em alta vulnerabilidade e suas demandas, é possível atender as famílias em sua integralidade nas mais diversas áreas”, afirmou Taminato.

Observação : Foto registrada antes da pandemia .
(Via Assessoria de Imprensa – Luiz G. Mazza Neto).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *