O deputado Ney Leprevost recebeu na tarde de segunda-feira a visita da aluna do curso de Direito da UniCuritiba, Gabriela Lolia Damaceno, que escolheu o parlamentar para apresentar projeto de lei desenvolvido durante o “Parlamento Universitário”. Ela esteve acompanhada dos advogados e professores da instituição Roberto Schimidt e Luiz Gustavo de Andrade.

Ney ficou feliz com a confiança em seu trabalho e enalteceu a iniciativa da Escola do Legislativo, da Assembleia Legislativa do Paraná e das Universidades em proporcionar a estudantes de graduação conhecimento e vivência sobre as atividades do parlamento. “O projeto oferece a chance de acadêmicos ocuparem, de maneira fictícia, o trabalho exercido por um parlamentar, bem como, apresentar projetos e fazer debates no Plenário da Alep”, disse Ney.

O projeto dispõe sobre o direito à informação, assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor, quanto aos alimentos e ingredientes alimentares destinados ao consumo humano que contenham ou sejam produzidos a partir da origem suína. A informação, em conjunto com a composição ou lista de ingredientes, deverá constar de forma nítida, clara e na língua portuguesa no rótulo da embalagem.

O Parlamento Universitário é composto por 17 alunos da UniCuritiba, dez da Unibrasil, cinco da Universidade Federal do Paraná (UFPR), cinco da Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR), cinco da FAE, quatro da Universidade Positivo, quatro da Uninter e quatro da OPET. Além destes, que representam os 54 titulares da Assembleia, há também os suplentes e alunos do curso de Jornalismo dessas instituições, que simularão as atividades do Comitê de Imprensa da Alep, divulgando as atividades dos “parlamentares universitários”.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).