Mês: maio 2018 (Página 1 de 8)

Ney Leprevost defende prorrogação do prazo para recolhimento do ICMS e do ISS referente ao mês de junho (Via #EquipeNL)

O deputado Ney Leprevost, integrante da Comissão de Indústria, Comércio, Emprego e Renda da Assembleia Legislativa, se manifestou favorável a proposta da Associação Comercial do Paraná (ACP), em carta enviada ao Governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba solicitando a prorrogação do prazo de quinze dias para o recolhimento do ICMS e do ISS relativos ao mês de junho.

A ACP também sugeriu que os pagamentos sejam feitos em dois momentos: 50% na data normal de recolhimento e os outros 50% trinta dias após.

“O prejuízo financeiro está generalizado, atingindo todos os setores da economia. Nada mais justo que o prazo para o pagamento das obrigações tributárias seja prorrogado”.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Em grande encontro com a comunidade católica, Ney Leprevost relembra as conquistas políticas de São João Paulo II (Via #EquipeNL)

Por proposição do deputado Ney Leprevost aconteceu nesta terça-feira, dia 29, na Assembleia Legislativa, sessão histórica alusiva ao mês de nascimento de São João Paulo II e semana de Corpus Christi.

Durante seu pronunciamento, o deputado Ney Leprevost lembrou que o Papa João Paulo II foi um grande líder mundial e que teve o terceiro maior pontificado documentado da história da Igreja Católica. “João Paulo II foi muito sábio nas articulações políticas que fazia. Ele contribuiu para a queda do Muro de Berlim, ajudou a acabar com o comunismo na União Soviética, colaborou com a redemocratização da Polônia, levou a palavra de Jesus aos lugares mais distantes e deixou ensinamentos de perdão, caridade, tolerância e amor”, disse Ney.

E complementou: “Esta semana de Corpus Christi é um momento ótimo para reavivarmos em nosso coração a chama da fraternidade e da fé em Deus, no País, em nós mesmos e no próximo”.

O Pe. Gabriel Figura, da Igreja dos Passarinhos, falou em nome dos homenageados e enalteceu a atuação do deputado Ney Leprevost. “Gostaria de prestar um reconhecimento muito especial ao deputado Ney Leprevost. Eu o conheço há muito tempo e assino embaixo. Ele é criativo, atuante e merece nosso respeito, disse.

Além do deputado Ney Leprevost, que presidiu a sessão, a mesa de honra foi composta pelos padres Donizete Teixeira do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, André Biernaski da Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Seminário, Cláudio Ambrósio da Paróquia São José e Santa Felicidade e Gabriel Figura da Paróquia Nossa Senhora das Dores, mais conhecida como Igreja dos Passarinhos.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Ney Leprevost cobra esclarecimentos sobre agulhas e seringas disponibilizadas para diabéticos nos postos de saúde de Curitiba (Via #EquipeNL)

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, está cobrando da Secretaria Municipal de Saúde informações sobre as agulhas e seringas descartáveis disponibilizadas nos postos de saúde de Curitiba para o controle da diabetes.

Segundo as informações repassadas ao parlamentar pelo diabético, Luis Cesar Prosdócimo, os pacientes que necessitam dos materiais para o controle da diabetes estão sendo orientados a reutilizar as agulhas e seringas, além de estarem recebendo agulhas de 8mm e não de 6mm que são as mais recomendadas.

De acordo com os médicos a reutilização de agulhas e seringas coloca em risco a saúde dos pacientes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os fabricantes recomendam usar a agulha para a aplicação de insulina apenas uma vez. Mas segundo a denúncia, a Secretaria Municipal de Saúde desconsidera essa norma — e orienta os diabéticos a utilizarem a mesma agulha até oito vezes.

De acordo com especialistas, reaproveitadas, as agulhas perdem a fiação e sofrem alterações, com risco de quebra e bloqueio do fluxo, por causa da cristalização da insulina. Outro problema que pode ocorrer por causa do manejo inadequado das agulhas é a lipo-hipertrofia, um acúmulo de gordura na pele. Quando aplicada nas regiões com esses “caroços de gordura”, a insulina demora mais para ser absorvida.

Segundo o deputado Ney Leprevost “a denúncia é grave. A distribuição, tanto da medicação como das seringas e agulhas, é de responsabilidade do município, já que a Prefeitura de Curitiba recebe recursos federais e estaduais, além de dispor de recursos próprios, para investir na saúde. Não iremos nos cansar de cobrar providências da Prefeitura.”, afirmou Ney Leprevost”, disse.

(Via Assessoria de Imprensa – Rodrigo França)

Página 1 de 8

Copyright © 2007-2017 Blog Ney Leprevost. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Abrigo Virtual