Página 2 de 687

Projeto de Ney Leprevost bate de frente com políticos corruptos (Via #EquipeNL)

Com a justificativa de defender os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência no serviço público, o deputado Ney Leprevost apresentou projeto de lei que institui o programa “Política Sem Corrupção”.

Um projeto semelhante foi apresentado na Câmara Municipal de Curitiba pelo vereador Professor Euler (PSD), do mesmo partido do deputado Ney Leprevost.

Pela proposta, o programa prevê parceria do poder público com organização da sociedade civil de interesse público, que deverá fiscalizar, por sua conta, as condutas vedadas ao político ou administrador de empresa pública no exercício de sua função.

Entre as condutas que o projeto de lei de Leprevost pretende vedar estão:

– Não se aproveitar de sua autoridade e prerrogativas legais para obter vantagens indevidas.

– Não se aproveitar de sua influência política para favorecer ou prejudicar grupos econômicos.

– Não oferecer quantias ou bens materiais a qualquer cidadão ou grupo econômico em troca de votos.

– Não aceitar quantias ou bens materiais para agilizar, retardar ou modificar processos legislativos ou administrativos em favor de grupos econômicos.

– Não negligenciar nem deixar de cumprir, sem justificativa, suas funções e atividades inerentes à sua função.

– Não permitir que as vedações mencionadas nos incisos anteriores sejam violadas por qualquer outro agente político, devendo neste caso encaminhar as provas da violação aos órgãos competentes.

De acordo com Ney, que é autor da Lei da Ficha Limpa no Paraná e da Lei da Transparência proposta pelo Movimento Paraná que Nós Queremos “é preciso passar o Brasil a limpo. Um corrupto com sua caneta Mont Blanc mata mais do que cem bandidos armados e encapuzados. Ao superfaturar obras ele tira a merenda das escolas, o leite das crianças, o remédio dos idosos. Passou da hora de nos unirmos e jogarmos duro contra a corrupção”, afirmou.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).

Ney Leprevost é pré-candidato a deputado federal, mas não descarta o senado (Via #EquipeNL)

O deputado Ney Leprevost, presidente do PSD de Curitiba e vice-presidente do PSD Paraná, anunciou que é pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2018, mas não descartou a possibilidade de concorrer ao Senado Federal.

Ney é uma das principais lideranças do partido no Paraná e, nas últimas eleições para prefeito de Curitiba, conquistou quase meio milhão de votos.

“Nos próximos anos, acontecerão decisões importantes em Brasília e estou disposto a servir o Brasil, principalmente para trabalhar por uma reforma política”, disse Ney.

O deputado é defensor do voto distrital e quer o fim do foro privilegiado. É autor da Lei da Ficha Limpa no Paraná e da Lei da Transparência proposta pelo Movimento Paraná que Nós Queremos.

“Mas meus eleitores podem ficar tranquilos porque estarei atendendo os paranaenses, todas segundas, sextas e sábados, no escritório de representação, ao qual o deputado federal tem direito, aqui em Curitiba”, afirmou.

Sobre sua possível candidatura a Senador da República, Ney não descartou esta hipótese. “Existe a possibilidade. O partido quer muito. Mas isto é assunto para o final do mês de julho, período em que serão realizadas as convenções partidárias e mediante avaliação das circunstâncias políticas do momento”, disse.

(Via Assessoria de Imprensa – Pedro Mariucci Neto).

ANTT se compromete em audiência realizada por Ney Leprevost a dar resposta em 15 dias sobre a volta do trem diário de passageiros para o litoral (Via #EquipeNL)

O deputado Ney Leprevost, presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa, realizou na manhã desta terça-feira (13) audiência pública para debater a volta do trem de passageiros diário entre Curitiba e o Litoral. A audiência contou com a presença de mais de 200 pessoas e foi aberta aos profissionais do segmento turístico e à comunidade interessada no retorno do trem diário pela Serra do Mar, ligando a capital e o litoral.

Durante a reunião, o superintendente de serviços de transportes de passageiros da (ANTT), João Paulo de Souza, se comprometeu em mediar o diálogo entre a Rumo Logística, a Serra Verde Express e os Municípios do Litoral e em 15 dias apresentar uma resposta satisfatória sobre a liberação da ferrovia para transportar diariamente passageiros.

Segundo o deputado Ney Leprevost “o nosso Litoral tem um potencial turístico extraordinário e o turismo pode gerar muitos empregos para as pessoas de todas as idades e renda para os municípios. Esperamos com essa audiência pública que o trem de passageiros volte a circular todos os dias, pois quando o turismo vai bem todos ganham”, disse Ney.

A mesa foi presidida pelo deputado Ney Leprevost, e composta pelo vice-prefeito de Paranaguá, Arnaldo Maranhão; pelo vereador de Morretes, Júnior Blidaroli; pelo presidente da câmara de vereadores de Paranaguá, Marcelo Roque; pelo vereador de Morretes, Deimeval Borba; pelo vereador de Paranaguá, Benedito Nagel; pelo Procurador de Justiça, representando o Ministério Público, Saint Clair Honorato Santos; pela Promotora de Justiça de Morretes, Dalva Marvin Medeiros; pelo Secretário de Cultura e Turismo de Paranaguá, Harrison Moreira de Camargo; pelo Diretor Presidente da Paraná Turismo, Manoel Jacó Gardia Gimenes; pelo Superintendente de Serviços de Transporte de Passageiros da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), João Paulo de Souza; pelo Presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), Antonio Azevedo; pelo Presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação (SEHA), João Jacob Mehl; pelo Presidente da Serra verde Express, Adonai Aires de Arruda; pela Gerente de Relações Governamentais da Rumo Logística, Giana Custódio; pela representante dos moradores de Morretes, Sonia Regina Carzino; pelo representante dos moradores de Paranaguá, José Reis; pelo Presidente da Associação Brasileira das Ilhas Turísticas (ABITUR) e associado à Associação de Desenvolvimento do Turismo Sustentável do Litoral do Paraná (ADTUR), Rafael Guittierres Junior; pelo representante da Agência Reguladora do Paraná, Antonio Carlos de Queiroz. Ainda participaram da audiência pública, o Secretário de Estado do Trabalho, Paulo Rossi; e o presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar), Fabio Aguayo.

(Via Assessoria de Imprensa – Rodrigo França)

Página 2 de 687

Copyright © 2007-2017 Blog Ney Leprevost. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Abrigo Virtual