CONHEÇA A HISTÓRIA DO NEY

Ney Leprevost iniciou sua vida profissional aos 13 anos de idade como comentarista esportivo. Sempre muito comunicador e proativo, teve contato direto com a comunidade e aos 22 anos foi eleito para o seu 1º mandato na Câmara Municipal de Curitiba, sendo nesta época o vereador mais jovem desta cidade. Logo em seu primeiro mandato, Leprevost idealizou e concretizou a linha de ônibus Inter Hospitais pensando em beneficiar pacientes vindos de todo o Paraná. Ligando os principais hospitais de Curitiba e outros importantes centros de saúde, a linha Inter Hospitais consolidou-se como uma alternativa eficiente de transporte coletivo para as pessoas que necessitam de atendimento médico.

Ney foi presidente da Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas e é amigo da Rede Feminina de Combate ao Câncer, da Associação das Crianças Órfãs da AIDS, do Pequeno Cotolengo do Paraná e de mais 146 entidades.

Pela atuação de destaque, especialmente na área social e de esporte, em 1999 foi convidado a assumir a Secretaria de Estado do Esporte e Turismo, tornando-se o Secretário mais jovem do Brasil com 25 anos. Frente a esta pasta Ney Leprevost foi o idealizador do “Centro de Excelência do Basquete” e retomou o projeto “Pintando a Liberdade” que pelos excelentes resultados sociais apresentados tornou-se referência na ressocialização dos detentos do sistema penitenciário. Também foi o idealizador do projeto “Piá Bom de Bola”, que reuniu em sua 1ª edição mais de 200 mil crianças, entrando para história como o maior evento esportivo já promovido no Paraná. Na área do Turismo, o Congresso ABAV 99, foi sem dúvida sua maior realização. Evento que reuniu cerca de 18 mil pessoas de mais de 60 países em Curitiba, e que já havia lhe rendido o título de “Sócio Honorário” desta instituição por ter sido um dos articuladores para que Curitiba sediasse o evento.

Em 2000 foi reeleito vereador de Curitiba, sendo o autor de mais de 50 Projetos de Lei, na área da saúde, educação, esporte e turismo, entre outras, visando melhorias nas condições de vida de todos os cidadãos paranaenses. No ano de 2003 instituiu a CEI da Saúde – Comissão Especial de Inquérito Parlamentar, para averiguar irregularidades no setor da saúde.

Nas eleições municipais para vereador no ano de 2004, foi o primeiro colocado na Câmara Municipal de Curitiba, reeleito com 18.582 votos, sendo o mais votado em Curitiba e no Paraná.

Em 2006 concorreu a uma vaga na Assembléia Legislativa do Paraná e elegeu-se com 53.471 votos, sendo o deputado estadual mais votado entre os que tentaram pela primeira vez o cargo. Como parlamentar criou mais de 200 Projetos de Lei nas áreas de saúde, cultura, educação. A frente da Comissão de Saúde, criou vários projetos de lei, como o que garante a isenção de alíquota de cobrança de ICMS aos medicamentos farmacêuticos, desde que o benefício seja repassado para o consumidor final. Criou também a Semana Paranaense de Prevenção da Síndrome de Imunodeficiência adquirida – Aids e demais doenças sexualmente transmissíveis, a ser realizada no mês de novembro. Também aprovou 36 milhões em emendas parlamentares, para equipar hospitais do Paraná. Denunciou a falta de leitos de UTI no interior do Estado e defendeu a população humilde na crise dos remédios. O Projeto de Lei que garante a mamografia gratuita para mulheres a partir dos 35 anos e o que proíbe o uso de jalecos, aventais e outros equipamentos de proteção individual utilizados por servidores, funcionários e profissionais da área da saúde ao frequentarem bares, restaurantes, lanchonetes, confeitarias e todos os lugares que sirvam alimentos fora dos hospitais. Este projeto teve o apoio de todas as entidades que representam os profissionais da área da saúde.

Em 2010 concorreu a reeleição e foi o deputado mais votado de Curitiba, com cerca de 80 mil votos. Dentre os projetos de Leprevost que se transformaram em lei, o destaque sem dúvida nenhuma é a Lei da Ficha Limpa/Paraná, que veda a ocupação de cargos comissionados na administração pública do Estado a pessoas que foram condenadas por crimes. No âmbito das Indicações Legislativas – sugestões de programas e de ações para serem postos em prática pelo Governo do Estado – Ney apresentou mais de 130 projetos, sendo que a Secretaria da Justiça e da Cidadania já reativou e implantou um deles: o programa Pintando a Cidadania, através do qual detentos das penitenciárias estaduais produzem uniformes, bolas e material esportivo com os benefícios de redução da pena, aprendizado de um ofício e geração de renda. Quando Presidente da Comissão de Esportes da Assembléia Legislativa, Leprevost elaborou a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, a qual se encontra em fase final de tramitação e que beneficiará os atletas paranaenses em início de carreira.

A área da saúde é a que mais concentra esforços do parlamentar, que é líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, composta por diversos representantes das classes médicas, além de hospitais e entidades do setor. Em 2011, Ney intercedeu pela liberação de medicamentos fornecidos gratuitamente pelo Estado e apresentou mais de 50 emendas ao orçamento do Estado solicitando recursos para diversos hospitais. No âmbito político, Ney participou ativamente da fundação do Partido Social Democrático, o PSD, tendo sido eleito por aclamação Presidente do Diretório de Curitiba, além de Secretário Geral do partido no Paraná. Nas eleições de 2014, Ney Leprevost conquistou cerca de 72 mil votos, sendo o deputado mais votado do PSD. Ney Leprevost tem feito muito pelo Paraná apresentando projetos de relevância social e política e está ciente de que ainda tem muita a contribuir com o nosso Estado.