CRECHE 24 HORAS É TEMA DE PROJETO DE LEPREVOST

Para o deputado Ney Leprevost, a fim de atender as mães que trabalham nos turnos da noite e da madrugada, algumas creches deveriam funcionar 24 horas por dia, principalmente em cidades com alta densidade demográfica.

O atendimento seria destinado a bebês de berçário e crianças que ainda se encontram fora da idade escolar do ensino fundamental, durante o período entre as 18h00 e as 08h00 do dia seguinte, com a utilização das creches já existentes e adaptadas para a prestação do serviço.

Ney compreende que mães que trabalham à noite para garantir o sustento de suas famílias e não têm com quem deixar seus filhos pequenos acabam tendo que pedir demissão de seus empregos duramente conquistados, devido à falta desta opção.

As leis devem acompanhar a evolução da comunidade a que servem. Se existem cada vez mais mulheres trabalhando à noite, precisamos propor alternativas para que o Estado continue a oferecer o serviço de creche a seus filhos, que não podem ficar trancados em casa sozinhos, abandonados à própria sorte e correndo riscos, reforça Ney.

Além de algumas grandes fábricas que trabalham em três turnos de produção, existem profissões que justamente à noite são mais requisitadas: garçonetes, camareiras, cozinheiras, taxistas, vigias e demais trabalhadores do setor de bares, restaurantes e casas noturnas, além de outros setores como o da saúde.

O projeto de lei que assegura o atendimento 24 horas nas creches será protocolado na primeira sessão de trabalhos da Assembleia Legislativa, marcada para o dia 06 de fevereiro.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =