DIRETOR DA SAÚDE MENTAL DE CURITIBA SE COMPROMETE NA CPI A DIALOGAR COM OS MÉDICOS, PSICÓLOGOS E SOCIEDADE

A CPI da Saúde Psiquiátrica se reuniu hoje, 28/10, na Sala de Comissões da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Foi convidado a depor o Diretor do Departamento de Saúde Mental de Curitiba, Dr. Marcelo Kimati Dias. Após ser sabatinado pelos deputados presentes, Kimati se comprometeu a estreitar o diálogo com a classe médica e a sociedade. Ele reconheceu que existem problemas na área, principalmente quanto ao aumento dos usuários de crack na cidade. O Dr. Kimati afirmou, ainda, que o número desses dependentes é maior do que 15 mil e que a Prefeitura prevê ações para minimizar os danos causados pelo problema. 
O Presidente da Comissão, Deputado Ney Leprevost, afirma que uma das intenções da Comissão é provocar um diálogo maior entre a classe médica e os órgãos responsáveis, fazendo com que haja um entendimento dos problemas enfrentados diariamente pelos profissionais e que sejam resolvidos de forma menos burocrática, visando o bem-estar da população que busca atendimento.  
Criada com intenção de verificar a situação do atendimento a saúde mental, a CPI da Saúde Psiquiátrica debateu tópicos como: a falta de leitos, o fechamento de ambulatórios de saúde mental, as atividades dos profissionais de psiquiatria, a desassistência aos dependentes de crack, a falta de medicamentos para o tratamento, o fim da residência médica em hospitais e o descaso com os doentes mentais graves.
A prefeitura está disposta a ampliar o diálogo com os profissionais da saúde e os médicos. Parabenizo esta CPI pelo excelente serviço que está prestando a sociedade ao trazer esta tema tão importante para o debate afirmou Kimati em resposta as queixas de falta de diálogo da Prefeitura com a Associação Paranaense de Psiquiatria e a sociedade civil organizada.
A saúde mental é um dos maiores problemas da atualidade. O poder público tem o dever de se unir com a sociedade e encabeçar a prevenção e o tratamento das doenças psíquicas, afirmou Ney.  
Além de Leprevost, estiveram presentes na reunião da CPI os deputados: Felipe Lucas(relator), a deputada Marla Tureck, o deputado Tadeu Veneri, o deputado Duílio Genari e o deputado Professor Lemos.  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + seis =