IGREJA CATÓLICA E NASCIMENTO DO PAPA JOÃO PAULO II TERÃO HOMENAGEM NA ASSEMBLÉIA POR PROPOSIÇÃO DE NEY LEPREVOST

Por proposição do deputado Ney Leprevost, no próximo dia 18 acontece Sessão Solene em Homenagem à Igreja Católica Romana e aos 93 anos do nascimento de Karol Wojtyla – Papa João Paulo II. Além de Ney Leprevost, o convite para participar do evento vem sendo feito também pelo presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, Deputado Valdir Rossoni .

O acontecimento  lembra também os preparativos que antecedem a Jornada  Mundial da Juventude, ocasião em que Sua santidade o Papa Francisco estará no Brasil.

Segundo deputado Ney Leprevost, autor da proposta da homenagem naquela casa de lei, na oportunidade estaremos reunindo bispos, padres, irmãs, diáconos, os coordenadores das comissões, pastorais, movimentos, congregações e todos os organismos que realizam o trabalho arquidiocesano em Curitiba para um justo reconhecimento às  ações   de caráter social que vem sendo realizado por estas pessoas. A sessão terá inicio às 18 horas.

PAPA FRANCISCO E A JORNADA MUNDIAL

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) marcará a primeira visita do papa Francisco ao Brasil desde que assumiu o pontificado, em março de 2013. Durante o evento, que ocorrerá em entre os dias 23 e 28 de julho, são esperados mais de 2,5 milhões de jovens católicos no Rio de Janeiro.

Segundo a  agenda oficial do pontífice  divulgada no site do Vaticano,  o Papa  Francisco chega  no dia 22 de julho e retorna a Roma ao término da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 28 de julho. O primeiro ato central da Jornada Mundial da  Juventude  com participação do Papa será na quinta-feira (25).
 
Já a homenagem papa João Paulo II  Karol Wojtyła, é pelos  93 anos de seu  nascimento  (18 de Maio de 1920). Líder mundial da Igreja Católica durante 27 anos,  representa o terceiro maior pontificado da história, apenas superado pelos papas São Pedro (34 anos) e pelo Papa Pio IX (31 anos).

O Papa João Paulo II foi o único eslavo e polaco a liderar a Igreja, até à sua morte, e quebrou o domínio italiano, que se mantinha desde o Papa holandês Adriano VI, em 1522.

Aclamado como um dos líderes mais influentes do século XX, Karol Wojtyła assumiu uma função preponderante no fim do comunismo na Polónia e na Europa, além de ter contribuído decisivamente para a melhoria das relações entre a Igreja Católica e diferentes religiões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 17 =