JÁ PROTOCOLADO POR LEPREVOST PEDIDO DE INDICIAMENTO DE PADILHA E DE INDENIZAÇÃO PARA VÍTIMAS DA AH1N1

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, após fazer mais um pronunciamento na tribuna da Assembléia legislativa apontando problemas e soluções para área de saúde,  protocolou na Procuradoria Geral da República(Escritório do Paraná), Ministério Público Estadual e Procuradoria Geral do Estado um pedido para que seja analisada a hipótese de abertura de indiciamento por homicídio culposo do ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 
Ocorre que Leprevost  desde 2012 vem  alertando o Ministério da Saúde sobre a necessidade de disponibilizar a vacina da  gripe AH1N1 para todos os paranaenses que desejarem  devido as condições climáticas peculiares do Estado.
Após os alertas de  Leprevost,  61 pessoas perderam a vida devido a gripe, no ano passado. O deputado também está  pedindo que o Ministério Público, como representante do povo junto ao sistema judiciário,  recorra à união pedindo indenização para as famílias das vitimas  da gripe. Leprevost afirma ter consciência de que a iniciativa não vai acabar com a dor que estas famílias sentem pela ausência dos seus  parentes mais próximos.  Mas com toda certeza poderá ser um exemplo para que este tipo de imprudência  e negligência da autoridade máxima da saúde no Brasil não volte a ocorrer.
Alias, segundo Leprevost, o próprio pedido de indiciamento por homicídio culposo de Padilha, pode ser pedagógico para que o atual ministro que assumiu recentemente o cargo,  Arthur Chioro,  não incorra no mesmo erro e  não negligencie o Paraná no que concerne ao fornecimento de vacinas contra  gripe AH1N1.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − cinco =