Campanhas eleitorais – ganha mais quem erra menos

Autor: Hiram Pessoa de Melo

Editora: AUTORES PARANAENSES

Quais são os erros que um candidato não pode cometer numa campanha?

O marqueteiro Hiram Pessoa de Melo enumera pelo menos 99 deles no seu livro “Campanhas eleitorais – ganha mais quem erra menos”.

“O fator temperamento, geralmente estúpido, está na raiz dos erros, das omissões e negligências que, materializados em vacilos, deslizes, gestos intempestivos, surtos de autismo e barbeiragens, liquidam uma campanha. Na maioria das vezes, o candidato se torna o maior inimigo eleitoral dele mesmo”, afirma Hiram.

Além de se ocupar dos erros de campanha, Hiram também faz uma análise da introdução da internet nas campanhas eleitorais e dedica algumas páginas à rede de computadores utilizada de forma inovadora por Howard Dean e Barak Obama no início dos anos 2000.

Outro ponto que merece atenção refere-se aos debates televisivos, em que erros costumam ser fatais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *