LEPREVOST ESTUDA PROJETO DE DIFERENCIAÇÃO TRIBUTÁRIA PARA ALIMENTOS SAUDÁVEIS

O deputado estadual Ney Leprevost, líder da Frente Parlamentar da Saúde e Cidadania, vai assinar Projeto de Lei que visa promover a diferenciação tributária entre os alimentos gordurosos e os alimentos saudáveis, subsidiando a compra de legumes e verduras.

A proposta, inédita no Brasil, foi apresentada pelo professor e cirurgião paranaense, Caetano Marchesini Membro Titular da Federação Internacional de Cirurgia para Obesidade.

Ney propôs a realização de uma audiência pública, que será realizada, na Assembléia Legislativa, para discutir o tema.

Vamos debater esta proposta e transformá-la em um Projeto de Lei que contribua para a redução nos índices de obesidade no Paraná e possa servir de modelo para o Brasil, informou o deputado.  

Segundo Marchesini, o crescimento da obesidade entre as classes mais baixas se deve a dificuldade de acesso das famílias aos alimentos mais saudáveis como frutas e verduras.

O grande problema é que alimentos com baixo valor calórico precisam ser consumidos com maior frequência e em maior quantidade para saciar as pessoas e fazer com que elas percam peso. Os impostos recolhidos a mais poderiam além de subsidiar o menor preço de alimentos saudáveis, financiar campanhas educativas nas escolas, defende Marchesini.

A iniciativa conta com o apoio e a parceria do jogador de vôlei, Giba que atua há muitos anos no combate a obesidade infantil no Brasil.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 9 =