Ministério da Saúde continua negando a liberação da vacina contra a gripe AH1N1 para toda a população do Paraná

O presidente da Comissão de Saúde, Ney Leprevost, recebeu resposta do Ministério da Saúde que continua negando vacina contra a gripe AH1N1, para toda a população dos estados que tem clima frio. A negativa está baseada na indisponibilidade da vacina para todos, devido à limitação de capacidade de produção por parte dos laboratórios que a fabricam mundialmente.
Existe uma certa incoerência do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo em que eles divulgam que a maioria da população não está tomando a vacina, negam um número maior de vacinas ao Paraná, afirma Leprevost.
As crianças em idade escolar continuam correndo o risco de contaminação pelo vírus da influenza H1N1, e o clima está cada vez mais propício para a proliferação da doença. Precisamos mobilizar a população para cobrar das autoridades, medidas urgentes para conter esta epidemia. Estamos na quarta etapa da vacinação e as crianças maiores de dois anos não foram vacinadas e não estão inclusas em nenhum grupo, declara Ney Leprevost.
A quarta etapa da vacinação contra a gripe AH1N1, que começou dia 24 de abril, tem como público alvo as pessoas a partir de 60 anos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + seis =