Ney Leprevost defende a isenção de ICMS da energia elétrica para todas as Santas Casas do Paraná

Proposta será apresentada na sessão dos 130 anos da Santa Casa de Curitiba

A Santa Casa de Misericórdia faz 130 anos de fundação e o deputado Ney Leprevost realiza sessão histórica, no dia 13 de maio, às 11h, no Plenário da Assembléia Legislativa, para que o Hospital exponha sua trajetória.  
A instituição que é pioneira no ensino médico no Paraná, totalizou em 2009, 173.635 atendimentos, sendo que 86% foram do Sistema Único de Saúde. O Hospital conta com 278 leitos – 37 de UTIs e 9 salas cirúrgicas.
O Hospital da Santa Casa de Curitiba, durante os seus 130 anos de fundação, representa para o povo curitibano, uma magnitude não mensurável, onde grandes vultos de médicos do Paraná praticavam a medicina hipocrática. Hoje continua com a mesma missão de curar, com tecnologia de ponta, profissionais altamente qualificados, formador de especialistas e um relevante hospital escola, conta Dr. Luiz Carlos Pereira, diretor clínico da Santa Casa de Curitiba.
A Santa Casa realiza mais de 600 cirurgias e 1.350 internamentos por mês.
O Hospital é referência em medicina de alta complexidade, principalmente nas áreas de cardiologia, cirurgia bariátrica, transplantes e também em pesquisas com células-tronco.
A Santa Casa faz parte da história de Curitiba, como um Centro Médico de referência, e uma instituição que busca a cura e o alívio do sofrimento das pessoas, das mais variadas classes sociais, afirma Ney Leprevost.
No mesmo dia o deputado Ney Leprevost encaminhará expediente ao governador Orlando Pessuti, solicitando que determine à Secretaria Estadual da Fazenda, a isenção da cobrança de ICMS da energia elétrica de todas as Santas Casas do Paraná.
As Santas Casas passam por dificuldades financeiras terríveis. Em muitos municípios elas são o único Centro de Saúde disponível. Esses reais que seriam economizados com a isenção do ICMS de energia, podem ser utilizados para compra de equipamentos básicos e de medicamentos, diz Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 5 =