Ney Leprevost participa do Dia Internacional do Voluntário no almoço da Rede Feminina de Combate ao Câncer

Maior grupo de voluntariado do Brasil e o primeiro do Paraná, hoje com 500 pessoas, celebra história de solidariedade com almoço de confraternização
               

A convite da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Hospital Erasto Gaertner, o deputado Ney Leprevost prestigiou, na última sexta-feira (04), o almoço anual de confraternização das voluntárias da instituição, realizado no restaurante Madalosso, no bairro de Santa Felicidade.

A data do evento foi escolhida para celebrar o Dia Internacional do Voluntário (dia 5 de dezembro). Instituída há 24 anos pela Organização das Nações Unidas (ONU), o calendário tem como objetivo incentivar a promoção de ações de voluntariado em todo mundo. No Paraná, o primeiro grupo de voluntariado do estado e o maior do Brasil, a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Hospital Erasto Gaertner, que há 54 anos realiza atividades em prol de pacientes e apoio à instituição, celebrou a trajetória de trabalhos por meio de um almoço de confraternização.

Para Ney, que é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Paraná e acompanha de perto trabalho da Rede é uma honra poder participar de um momento de celebração da organização filantrópica: O que essas mulheres fazem em prol dos pacientes de câncer do Erasto Gaetner é algo realmente admirável. Fico muito feliz por sempre estar ao lado da Rede e, inclusive, ter recebido o guarda-pó azul, que é dado aos homens que colaboram com a entidade.

SOBRE A REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER: Formada com o objetivo inicial de arrecadar fundos para a construção da sede do Hospital Erasto Gaertner, a Rede Feminina de Combate ao Câncer foi crescendo gradativamente e hoje é reconhecida nacionalmente, tendo em Curitiba, cerca de 500 voluntários em atividade, executando várias tarefas, que incluem desde a parte de apoio ao paciente até a arrecadação de fundos para manutenção dos programas do Hospital. 

A presidente da Rede, Janice Gastaldon, enfatiza o sentimento diante de tanta história de solidariedade.  Ajudamos o paciente a se reerguer, a melhorar sua auto-estima. Temos como objetivos principais: a prevenção da doença, a ajuda na captação de recursos e a assistência a esse paciente que chega ao hospital. A razão de ser da minha vida é esse voluntariado, minha família me apóia e me libera a continuar atuante, ressalta.

Referência nacional no combate ao câncer, o Hospital Erasto Gaertner dedica 95% do seu atendimento a pacientes da rede pública de saúde. Sob essa perspectiva, o voluntariado ocupa um papel fundamental no apoio e tratamento do paciente da instituição. O grupo de voluntários acompanha e desenvolve constantemente atividades com os pacientes visando uma recuperação mais rápida e menos dolorosa. Além disso, a Rede Feminina de Combate ao Câncer atua na prevenção da doença e, para isso, está sempre presente em eventos voltados à defesa da saúde da população e, em especial, na divulgação de medidas preventivas e esclarecimentos sobre a enfermidade.

Campanha Cartões de Natal 2009 – A mais recente campanha organizada e divulgada pela Rede Feminina de Combate ao Câncer do Hospital Erasto Gaertner é a dos cartões de Natal. Este ano, são 25 modelos de cartões natalinos, divididos em três séries: artistas, crianças e mãos solidárias.

Na série crianças, 18 modelos foram criados pelos pequenos internados na pediatria do hospital. Já na série artistas, as artistas plásticas voluntárias da Rede Feminina reproduziram seis pontos turísticos de Curitiba com temas natalinos. A outra opção, com formato de mãos, é o cartão Mãos Solidárias, que simboliza a união em prol da instituição.

Os cartões das séries artistas e crianças custam R$1 e o Mãos Solidárias, R$2,00, e podem ser adquiridos na Rede Feminina de Combate ao Câncer, no Hospital Erasto Gaertner, ou nas Livrarias Paulinas. Mais informações no telefone (41) 3361-5135.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 1 =