NEY LEPREVOST PROPÕE MAIS CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE AUTISMO

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, ao lembrar o  Dia Mundial de Conscientização do Autismo comemorado neste 2 de abril  disse que  ao longo dos anos vem fazendo gestões para que o Transtorno do Espectro Autista e outras síndromes, sejam  reconhecidas  como especialidades pelos legisladores nacionais incluindo os portadores desde a infância  no ensino regular. Para o parlamentar, é dever da União, dos estados e dos municípios criar, propor e implantar políticas públicas destinadas aos portadores de distúrbios do espectro autista, objetivando incluí-los desde a infância no ensino regular, com tratamento e apoio adequados à sua evolução e desenvolvimento, e garantindo acompanhamento clínico por toda a vida adulta. Embora algumas crianças estudem em escolas regulares e alguns adultos portadores de autismo consigam se inserir no mercado de trabalho, ainda há muitos cidadãos que ficam à margem da sociedade educacional e laborativa, por desconhecimento e discriminação desde a infância. É sabido que os autistas possuem extrema capacidade de concentração e uma habilidade incrível para números, que podem ser desenvolvidas e estimuladas. O autismo não é curável, mas é tratável, avalia Ney.O tratamento do autismo consiste em intervenções psicoeducacionais, orientação familiar, desenvolvimento da linguagem e da comunicação, através de uma equipe multidisciplinar composta por psiquiatra, psicólogo, pedagogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e educador físico capazes de avaliar e propor programas individualizados de intervenção.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 7 =