Ney Leprevost protocola projeto de Lei Nacional de Prevenção e Combate a Furtos e Roubos de Cabos e Fios de Cobre

O deputado Ney Leprevost, protocolou na Câmara Federal projeto de Lei que estabelece a criação da Política Nacional de Prevenção e Combate a furtos e roubos de cabos, fios de cobre e congêneres.

A alta demanda durante a pandemia, principalmente no setor de telecomunicações, fez o preço do metal mais que dobrar em dois anos. Com a valorização, os cabos espalhados pelas ruas se tornaram ainda mais cobiçados por criminosos. Ao menos 12 milhões de metros de fios de cobre foram arrancados das redes de todo o Brasil em três anos.

Nos últimos cinco meses o Paraná registrou mais de quatro mil ocorrências envolvendo roubos de fios de cobre. Esse número representa quase 30 furtos por dia no Estado. No Brasil, entre 2019 e 2020, houve 100 mil ocorrências. Isso equivale a uma extensão de quatro mil e seiscentos quilômetros de fios. Essa distância é maior do que a dos extremos do país, do Oiapoque ao Chuí. Os dados são da Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra).

Segundo o deputado Ney Leprevost,”A Política Nacional de Prevenção e Combate a furtos e roubos de cabos e fios de cobre tem como objetivo combater e impedir o crescimento da comercialização ilegal de metais e sucatas obtidos ilicitamente com vistas à exportação do produto, mediante a obrigatoriedade de fornecimento de informações a respeito da procedência destes materiais no momento de sua compra”, disse.

Entre os objetivos da Política Nacional de Prevenção e Combate a furtos e roubos de cabos, fios de cobre estão: impedir que o comércio ilegal deste material aconteça e possibilitar a identificação do indivíduo que venha a comercializar produtos furtados ou roubados.

(Via assessoria de imprensa)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =