NOS 60 ANOS DAS APAES , LEPREVOST DIZ QUE SEU FECHAMENTO SERIA UM ATO DE IGNORÂNCIA E DESUMANIDADE

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual de Saúde e Cidadania e autor da Lei Estadual sobre a conscientização da Síndrome de Dow, destacou a importância das APAEs ao longo dos 60 anos de fundação da primeira Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais no Brasil. 

Ney foi um dos parlamentares que defendeu as APAEs com mais veemência contra a tentativa do governo federal de fechá-las. ” Impedir o trabalho das APAEs é um ato de ignorância e desumanidade. Felizmente a sociedade se mobilizou e impediu o governo federal de cometer este crime”. 

A APAE é uma entidade filantrópica, que atende em todo o território nacional crianças e idosos com deficiência intelectual. A instituição conta com mais de 2 mil unidades e 250 mil alunos em todo país. No Paraná, são 42 mil estudantes assistidos em 327 unidades. A rede paranaense tem uma particularidade: é a única do Brasil a manter convênio com o estado na contratação de professores. 

Segundo Leprevost, tomando por base informações de especialistas, crianças com síndrome de Down precisam ser estimuladas desde o nascimento, para que sejam capazes de vencer as limitações que essa doença genética lhes impõe. Como têm necessidades específicas de saúde e aprendizagem, exigem assistência profissional multidisciplinar e atenção permanente dos pais. O objetivo deve ser sempre habilitá-las para o convívio e a participação social. Quero parabenizar as APAEs pelo trabalho sério e de qualidade que elas realizam há 60 anos, disse Ney.

Ainda de acordo com o deputado Ney Leprevost com o respaldo da lei, os estudantes das associações conseguem emprego, o que contribui para a inserção deles na sociedade. A nossa Lei sobre a conscientização da Síndrome de Dow, serve para ampliar a divulgação da doença, tratamento, diagnóstico e recomendações de procedimentos, principalmente, no meio familiar, afirmou. Via Assessoria de Imprensa #ney55669 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =