Parecer da Secretaria de Saúde a projeto de Ney sobre uso de computadores é favorável

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Ney Leprevost, recebeu hoje, 26, parecer técnico favorável do secretário de Estado da Saúde, Carlos Moreira Júnior, ao projeto de lei de sua autoria, que propõe uma política de prevenção à saúde dos jovens usuários de computador.
A ideia do deputado é muito boa, acredito que toda política que preveja orientações de prevenção e acompanhamento de crianças, adolescentes e jovens usuários de computadores são iniciativas que devem ser apoiadas, defendeu Carlos.
Segundo pesquisa feita por especialistas, o uso excessivo do computador, além de estimular o sedentarismo, o mau uso da máquina pode causa doenças relacionadas à visão, articulações e postura. Sabendo destas questões e para incentivar o uso correto do computador é que Ney criou este projeto.
Segundo a proposta será criada uma cartilha gratuita, com orientações para proteger os jovens de futuros problemas de saúde. Leprevost argumenta que ao permanecerem inúmeras horas frente ao computador, os estudantes colocam em risco a saúde visual, a postura, bem como a funcionalidade de seus membros. Se a pessoa fica muito tempo numa posição errada, pode nem perceber na hora, mas terá muitos problemas futuros. Nossa idéia é garantir que esses jovens possam usufruir do uso de computadores, com posturas adequadas, defende Ney.
A cartilha – informando a maneira correta aos jovens de se posicionar diante do computador, será distribuída gratuitamente em reuniões de Associações de Pais e Mestres (APM) e em escolas de ensino fundamental e médio pertencentes ao Estado do Paraná. Segundo estudos, cerca de 21% dos jovens que passam horas frente ao computador são míopes. Já a porcentagem de míopes no Brasil, dentro da mesma faixa etária da pesquisa (crianças de 9 a 13 anos) é de apenas 12%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + sete =