Pauta cheia na última reunião da Comissão de Saúde de 2009

Emendas coletivas garantem 35 milhões em orçamentos para os hospitais que atendem o povo do Paraná
  
 A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná realizou nesta quarta-feira (16) sua última reunião de 2009. O evento, que aconteceu na biblioteca da ALEP reuniu representantes de entidades do setor filantrópico, da saúde e de esportes.

 Além do presidente da comissão, deputado Ney Leprevost, o evento contou com a presença da deputada Rosane Ferreira, deputado Stephanes Júnior e  deputado Reni Pereira.

 Os participantes presenciaram uma explanação da Secretaria de Saúde sobre a situação do aparelho de tomografia do Hospital Regional de Paranaguá. O representante da SESA, superintendente de Sistema de Saúde da Secretaria, dr. Irvando Luiz Carula esclareceu que, em breve a situação será regularizada: O aparelho ainda não está funcionando porque sua instalação é bastante complexa e exige manutenção específica. Mas, esta é uma prioridade da Secretaria e, logo, deverá estar em pleno funcionamento para atender a população, disse.

 Dr. Carula falou também sobre as novidades e maior organização do SAMU, que contará com um sistema mais integrado e maior agilidade e sobre as projetos do órgão para o próximo anos: Esperamos que, em 2010, o Hospital de Reabilitação, o Hospital de Francisco Beltrão, Ponta Grossa e Londrina estejam em pleno funcionamento, inclusive, atendendo a demanda em sua capacidade máxima, finalizou.

 Leprevost aproveitou a reunião para noticiar a aprovação pela Comissão de Orçamento de todas as emendas coletivas e individuais voltadas para a saúde: são 35 milhões para os grandes centros de atendimento médico e entidades ligadas à saúde no Paraná. As propostas garantem, principalmente, equipamentos.

  Ney comentou ainda sobre o trabalho da Comissão de Saúde no ano:Chegamos ao fim de 2009 com um balanço bastante positivo dos trabalhos da comissão; foram, ao todo, 28 projetos de lei apoiados pela Comissão, 28 audiências públicas, 8 reuniões extraordinárias, 31 relatórios de projetos, além de diversos convênios de parceria com conselhos e entidades especializadas em saúde. O trabalho a ser feito ainda é muito grande. Em 2010 iremos superar esses números, avalia o presidente da comissão.

 Como é de praxe da comissão, o grupo prestou homenagem ao bom trabalho desempenhado por alguns guerreiros da saúde. Nesta edição, alguns conselheiros municipais de Saúde receberam votos de louvor. Para Ney Leprevost, eles realizam um trabalho extraordinário nos bairros da cidade.

 Quem esteve presente neste balanço da comissão ainda recebeu mais informações sobre os direitos das mulheres com câncer: a Dra. Valeria Lopes, da Associação das Amigas da Mama comentou seu trabalho A mulher paciente de câncer e seus direitos, esclarecendo algumas questões legais sobre tratamento e medicamentos das mulheres que lutam contra o câncer. Entre o diagnóstico e o início do tratamento, muitas não conseguem manter seu emprego, algumas não conseguem o auxílio doença e aposentadoria por invalidez. O rigor das perícias não está levando em conta a complexidade das cirurgias de câncer de mama nas mulheres. Só resta às mulheres entrar na justiça, afirmou.
Dada a import6ancia da questão, o Deputado Ney propôs, para o ano que vem, uma reunião exclusiva sobre o tema. O ALEP pode e deve entrar nessa luta em favor dessas mulheres, disse.

FURACÃO DOA CAMISA PARA REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER: Também na reunião, o ex-jogador de futebol e diretor de relações internacionais do Clube Atlético Paranaense, Paulo Rink, esteve presente para fazer a doação de uma camisa oficial do clube autografada por todos os jogadores do time. Agora, a Rede Feminina de Combate ao Câncer, presidida por Dona Janice Gastaldon, fará um leilão com a peça para arrecadar recursos que serão investidos no Hospital Erasto Gaertner, em sua ala de pediatria.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + dez =