PROGRAMA DE NEY REATIVADO PELA SECRETARIA DE JUSTIÇA ENTREGA MATERIAL ESPORTIVO PARA 200 ESCOLAS PÚBLICAS

O programa Pintando a Liberdade, implantado por Ney Leprevost quando foi Secretário de Estado de Esportes e replicado nacionalmente através do Ministério do Esporte, entrega nesta terça-feira 30 de agosto material esportivo confeccionado por egressos do sistema penitenciário para 200 escolas paranaenses, além de 19 Centros de Socioeducação da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social e 24 Unidades Penitenciárias.

Rebatizado de Pintando a Cidadania, o programa foi reativado após ter sido proposto por Ney Leprevost sob a forma de indicação legislativa e ter sido aprovado pela Assembléia Legislativa, sendo acatado pela competente Secretária de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes.

Segundo Roberto Canto, idealizador do projeto e Diretor do Patronato Penitenciário do Paraná, o apoio de Leprevost na época, através da conquista de verbas e da concessão da autonomia necessária ao seu desenvolvimento foi de grande valia para que o projeto fosse espalhado por todo o país.

Hoje o projeto sai das penitenciárias para gerar emprego e renda aos egressos que ainda estão desempregados, ajudando a resgatar a cidadania dos apenados, ressalta Ney.

Os kits do projeto Pintando a Cidadania serão entregues para escolas públicas dos 100 municípios com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Paraná; para 100 escolas de Curitiba indicadas pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer; além de outros 19 kits para educandários e bolas de futsal para 24 unidades penitenciárias do estado.

Cada kit tem 97 itens diferentes, dentre eles sete bolas, duas bandeiras do Brasil e 30 jogos de damas e xadrez.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =