PROJETO DE NEY LEPREVOST ESTABELECE QUE TRATAMENTO DE CÂNCER INFANTIL TERÁ QUE COMEÇAR EM NO MÁXIMO 30 DIAS A PARTIR DO DIAGNÓSTICO

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual  de Luta pela  Saúde e Cidadania, protocolou projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade do Estado do Paraná oferecer, para crianças com pré-diagnóstico de câncer, a realização de exames complementares e tratamento, no prazo máximo de 30 dias.

Segundo Leprevost a  proposta visa proteger a saúde de inúmeras crianças que possam vir a ter câncer pois  de acordo com uma pesquisa do Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Paraná foram registrados, no ano de 2013, 453 casos da doença e neste ano a estimativa do Instituto é que este número pode chegar a 600 casos.

Enfatiza o deputado que  segundo a pesquisa  grande parte das crianças entram em óbito sem nem ter a doença diagnosticada. Outro ponto que deve ser observado é a questão de investimentos, partindo do princípio que a prevenção é muito mais econômica que o tratamento, é urgente urtilizar  de técnicas diagnósticas de ponta, que evitem a instalação de doenças que demandam a aplicação de altos valores em seu tratamento.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =