Requião sanciona Lei de Ney que garante vacinação contra HPV

São vários os fatores de risco que provocam o câncer do colo do útero, um dos principais são os Vírus do Papiloma Humano (HPV), que estão presentes em mais de 90% dos casos deste câncer.

Há pouco tempo, uma das únicas maneiras de se prevenir da infecção do vírus era usar camisinha, hoje, graças aos avanços da ciência, as mulheres podem tomar uma vacina, que evita a infecção de quatro dos vários tipos de HPV. São eles os tipos 6, 11, 16 e 18, sendo os dois últimos, os tipos relacionados ao câncer. Estatísticas apresentam uma preocupante informação sobre a doença: a falta de informação e de acesso ao suporte médico adequado faz do HPV o terceiro no ranking das doenças que mais matam as brasileiras.

Atento às informações disponibilizadas e à porcentagem de mulheres que acabam desenvolvendo câncer por falta de diagnóstico ou prevenção contra o HPV, o deputado e presidente da Comissão de Saúde, Ney Leprevost, criou um projeto de lei que estabelece o Programa Estadual de Vacinação contra HPV Papilomavirus Humano, que pretende implementar a vacinação como forma de prevenção à infecção em todo o Paraná. O HPV é a doença sexualmente transmissível que mais infecta hoje no Brasil. Os sintomas silenciosos são um perigo para as mulheres. A vacina vem como uma proteção para as que não sofreram nenhuma infecção. Precisamos analisar projetos que utilizem a medicina preventiva no setor público com mais entusiasmo; estamos falando de uma situação em que, genuinamente, todos saem ganhando: o governo por economizar em tratamentos e medicamentos de combate ao câncer e os cidadãos ao elevar o patamar de qualidade de vida, detalha o deputado.

Nesta semana, o projeto de Leprevost recebeu a sanção do Governador Roberto Requião e acaba de virar lei. A partir de agora, as paranaenses terão acesso à vacina, podendo contar uma ampla campanha, que deverá atingir mulheres a partir dos dez anos de idade.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 2 =