Paraná cria 78.484 mil empregos formais com carteira assinada no primeiro trimestre de 2021

Mesmo tendo passado pelo pior momento da pandemia nos últimos meses, o Paraná manteve os bons números e registrou saldo positivo de empregos com carteira assinada no primeiro trimestre de 2021, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (28). A economia paranaense gerou 78.484 mil novos empregos formais no acumulado do ano, colocando o estado como o quarto melhor resultado do País, atrás apenas de São Paulo (253.460 postos); Minas Gerais (108.109) e Santa Catarina (87.127).

A recuperação econômica é prioridade na gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Este resultado mantém a boa perspectiva do Governo no cenário da recuperação de empregos. É o esforço coletivo de toda a equipe para incentivar a abertura de novas vagas junto as empresas, o que se torna efeito da política ativa de estímulos adotada em nossa gestão”, disse o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Os setores que mais se destacaram em março foram: Indústria Geral (5.572 postos gerados), com maior participação da Indústria de transformação (5.414 novos empregos formais criados), seguido pelo Comércio com (2.068 postos criados); a Construção Civil (1.884); Agricultura (1.319) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (664).

NOVAS OPORTUNIDADES NA PANDEMIA – Inês Aparecida Moreira, 57 anos, estava um ano sem trabalhar e conseguiu emprego recentemente pela Agência do Trabalhador de Curitiba. “Baixei o app Sine Fácil e na sequência consegui agendar um o horário na agência, onde fui bem atendida. De acordo com o meu perfil escolheram uma vaga que eu me encaixava e logo marcamos a entrevista que deu certo, fui contratada na sequência pela a empresa Posigraf”.

Inês ainda destacou que o atendimento na agência do trabalhador foi essencial para conseguir um emprego. “É extremamente importante este acompanhamento, pois eu tive todo o acesso possível de maneira prática e rápida, até eu conseguir um emprego”.

Já para o venezuelano Eládio Javier Leandro Ramos que veio para o Brasil em busca de um recomeço, conseguir um novo emprego foi essencial para começar uma nova vida. “Cheguei ao Paraná há pouco mais de cinco meses e logo descobri pela internet as oportunidades de emprego ofertadas pela Agência do Trabalhador. Imediatamente agendei um horário e fui até o posto de atendimento, onde fui muito bem atendido e consegui uma vaga para soldador em uma empresa de Curitiba. Sou muito grato por conseguir essa oportunidade aqui”.

(Via Assessoria de Imprensa – Luiz G. Mazza Neto).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *