notícias

Fique por dentro das últimas notícias do Ney Leprevost pelo seu WhatsApp.

Leprevost cobra da prefeitura de Curitiba contratação de médicos especialistas para Unidade de Saúde Santa Efigênia

Compartilhe!

Deputado estadual diz ter recebido relatos de pacientes que têm que esperar mais de um ano para o agendamento de consultas.

O deputado estadual Ney Leprevost (União Brasil) apresentou nesta semana um expediente cobrando da Prefeitura de Curitiba soluções para a contratação de médicos especialistas para a Unidade de Saúde Santa Efigênia, no bairro Barreirinha.

Leprevost tomou a iniciativa após receber inúmeras reclamações de pacientes sobre a falta de profissionais na unidade, em prejuízo para o atendimento em saúde de milhares de moradores da região.

“A referida unidade desempenha um papel vital na promoção da saúde e no atendimento às necessidades médicas da comunidade local. No entanto, observamos uma carência significativa de médicos especialistas, o que tem impactado negativamente a qualidade e eficiência dos serviços prestados. Há relatos de espera de mais de um ano para agendamento de consultas”, relata o parlamentar no documento.

Segundo Leprevost, diante desse cenário, é fundamental que o município tome medidas imediatas para a contratação de especialistas, garantindo o direito dos moradores do bairro e adjacências a um atendimento adequado. “A falta desses especialistas não apenas compromete o diagnóstico e tratamento precoces de diversas condições de saúde, mas também sobrecarrega os demais profissionais da saúde que atuam na unidade, prejudicando a eficiência operacional e o bem-estar dos pacientes”, aponta o deputado.

*Fila para exames*

Presidente da Frente Parlamentar de Medicina da Assembleia, Leprevost já denunciou a omissão da prefeitura ao Ministério Público do Paraná, em razão das mais de 200 mil consultas e exames que estão em espera na fila de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), sob responsabilidade do município.

O documento, subscrito também pelo deputado Goura (PDT), aponta que a falta de ação da prefeitura em relação ao problema “fere o direito fundamental à saúde garantido pela Constituição Federal, e representa uma ameaça à vida desses pacientes”.

O cruzamento dos números do Portal de Transparência revela que em Curitiba, atualmente, só para uma consulta com um oftalmologista a fila de espera está em 57.933 pacientes; para a realização de um exame de ultrassonografia de abdômen, a fila é de 21.544; para consultar com um psicólogo são 12.566. Na dermatologia, a fila é de 12.533 pessoas. Com um otorrinolaringologista, 9.266. Para fazer um exame de ultrassonografia transvaginal, 6.049. Para uma ressonância magnética de crânio, 3.406. Para consultar com um cardiologista 2.356 estão esperando a marcação de consulta. Para uma consulta com médico vascular, 1.776.

( via assessoria de imprensa )

Acompanhe Minhas Redes Sociais
Política de Privacidade

ELEICAO 2022 NEY LEPREVOST NETO DEPUTADO ESTADUAL
CNPJ 47.575.001/0001-28
Todos os Direitos Reservados

Acompanhe Minhas Redes Sociais
Política de Privacidade

ELEICAO 2022 NEY LEPREVOST NETO DEPUTADO ESTADUAL
CNPJ 47.575.001/0001-28
Todos os Direitos Reservados