Comissão de Saúde e Sociedade Brasileira de Dermatologia unidas contra o preconceito

Campanha no Dia Mundial da Psoríase e mobilização pela Emenda 29 movimentaram a Boca Maldita
 

Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Paraná e Sociedade Brasileira de Dermatologia/ Regional Paraná juntas em prol da qualidade de vida e melhorias no setor da saúde pública: com esses dois objetivos, profissionais do setor de saúde e a equipe da comissão estiveram na Rua XV para alertar os curitibanos sobre a Psoríase e coletar assinaturas pela regulamentação da Emenda 29 e aumento de repasses do SUS.

 Para o médico Carlos Augusto Bastos, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia/ Regional Paraná, são duas causas extremamente importantes, que precisam de divulgação: No caso da psoríase, estamos realizando exames gratuitos e difundindo informações sobre a doença. Por uma condição incurável,  a psoríase precisa de tratamento, e porque tem caráter estético muito forte, é preciso lutar contra o preconceito. Já no que diz respeito à Emenda 29, é preciso que a população compreenda que a regulamentação de emenda que garante os repasses à área da saúde influencia diretamente no atendimento. Apoiamos a iniciativa do presidente da comissão, deputado Ney Leprevost, que irá favorecer não a classe médica, mas também a população como um todo, declara Bastos.

DIA MUNDIAL DA PSORÍASE: A campanha Dia Mundial da Psoríase – Sociedade Brasileira de Dermatologia tem como objetivo desenvolver ações que visem uma melhoria da qualidade de vida dos doentes, através do esclarecimento da sociedade civil. Desse modo, a SBD elaborou ações de conscientização voltadas para comunidade e a mídia, elucidando, entre outras questões, como identificar a doença, quais são os tratamentos, como os portadores podem conviver com a moléstia, além de ajudar a reduzir o preconceito ao explicar que a doença não é contagiosa.

AJUDE A MELHORAR A QUALIDADE DO ATENDIMENTO PÚBLICO DE SAÚDE: Acesse no site do deputado Ney Leprevost a campanha promovida pela Comissão de Saúde da ALEP para pressionar os parlamentares de Brasília a regulamentar o mais breve possível a Emenda 29. Precisamos da mobilização popular nesta campanha. É preciso entender que se trata de uma questão de interesse geral. Quanto mais recursos nossos hospitais tiverem, melhor será o atendimento, destaca Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde da ALEP

Acesse http://www.neyleprevost.com.br/assinaturas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − um =