EMPRESÁRIO QUE COMEÇOU COMO JORNALISTA POLÍTICO, FOI HOMENAGEADO NO DIA DA IMPRENSA

A Assembléia Legislativa realizou sessão solene no início da noite desta terça-feira (10) para entregar o título de Cidadão Honorário do Paraná ao empresário catarinense Mário Petrelli, fundador da Rede Independência de Comunicação RIC, associada à Rede Record e detentora de sete emissoras em Santa Catarina e quatro no Paraná. A homenagem foi proposta pelos deputados Luiz Carlos Martins (PSD) e Ney Leprevost (PSD), com a finalidade de enaltecer a vitoriosa carreira de Petrelli nas diversas atividades a que se lançou.
O deputado Valdir Rossoni (PSDB), presidente da Comissão Executiva referindo-se ao homenageado,  observou que empresários de comunicação são fundamentais para a sociedade. Ao invés de fabricar produtos eles distribuem conhecimento e entretenimento. Carregam a responsabilidade de entrar na casa de milhões de pessoas e para isso é preciso coragem e correção de propósitos. São qualidades como essas que justificam a Cidadania do Paraná a Mario Petrelli.
Já Ney Leprevost, que foi um dos autores da homenagem, disse que não poderia ser a melhor data para  fazer a entrega do título de Cidadão Honorário do Paraná ao empresário catarinense Mário Petrelli por se tratar o dia 10 de setembro,quando é comemorado o Dia da Imprensa.  Ao lado de grandes nomes que fizeram  a história da imprensa  no Brasil, está o de Mário Petrelli que  muito tem feito pelo Paraná por  intermédio de seus veículos de comunicação.
Mais adiante, ainda em seu pronunciamento, Leprevost citou a poetisa  Helena Kolody dizendo que Deus dá a todos uma estrela. Uns fazem da estrela um sol. Outros nem conseguem vê-la. A sua estrela, Dr. Mario Petrelli, transformou-se num Sol que brilha com muita luz e entusiasmo, lembrando sempre o empreendedorismo  e a vontade de querer fazer da melhor maneira. 
Entre as autoridades que prestigiaram o evento estavam o governador Beto Richa (PSDB) e sua mulher Fernanda Richa; o chefe da Casa Civil do Governo, Reinhold Stephanes; o ex-governador João Elísio Ferraz de Campos; o ex-ministro Euclides Scalco; os secretários de Estado Cássio Taniguchi e Luiz Carlos Hauly; e o 1º secretario da Mesa Executiva da Casa, deputado Plauto Miró Guimarães (DEM).
História 
Nascido em Florianópolis em 31 de maio de 1935, filho do engenheiro italiano Leonardo Petrelli e da primeira mulher servidora pública daquele estado, Alice Guilhon Gonzaga Petrelli, Mário Petrelli seguiu uma tradição familiar seu bisavô, desembargador José Roberto Vianna Guilhon foi o fundador e primeiro presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina formando-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná, em 1959.
Ainda estudante em Curitiba, deu início à carreira em Comunicação como repórter de política dos jornais O Dia e A Tarde. No Paraná o começo das atividades empresariais do grupo deu-se com a aquisição da TV Vanguarda, de Cornélio Procópio que, em 1985, em associação com o grupo educacional Positivo, passou à denominação de TV Independência Norte do Paraná, na época afiliada à Rede Manchete, hoje extinta. Paralelamente, o grupo fez duas novas aquisições em Curitiba: a Rádio Independência AM que não integra mais a empresa e a Rádio FM 104, atual FM Independência, que utiliza o nome fantasia de Rádio Jovem Pan. A TV Independência, de Curitiba, passou a integrar o Grupo e iniciou suas transmissões também em 1985. Em seguida vieram a TV Independência Norte do Paraná, em Maringá, incorporando a TV Independência de Cornélio Procópio, com retransmissoras em Londrina e Paranavaí, a TV Independência Oeste do Paraná, em Toledo, com retransmissoras em Foz do Iguaçu e em Cascavel, e a primeira TV da cidade de Guarapuava, que ora funciona como retransmissora.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 9 =