Hospital Cajuru pode receber um milhão de reais em equipamentos em 2010

A Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Paraná, presidida pelo deputado Ney Leprevost, informa a aprovação de todas as emendas coletivas voltadas para a saúde pela Comissão de Orçamento: são 35 milhões para os centros de atendimento médico e entidades ligadas à saúde no Paraná.

 Entre os contemplados, está o Hospital Universitário Cajuru, que deverá receber um milhão de reais para aquisição de equipamentos, beneficiando pacientes de todo o Estado do Paraná.

 Este ano, a aprovação de emendas está sendo considerada importante pelos parlamentares porque, a partir de abril, Orlando Pessuti, deverá assumir o governo com a renúncia de Roberto Requião, que é candidato ao Senado ou à presidência. Como Pessuti já foi deputado, expectativa é que ele cumpra as emendas da Assembleia.

 Para Leprevost, esta é uma forma de compensar a situação caótica em que estão os hospitais por conta da falta de recursos dispensados à área e também da defasagem nos valores pagos pelo SUS em procedimentos.

 Assinaram a emenda coletiva pela verba ao Hospital Cajuru os deputados Ney Leprevost, Alexandre Cury, Nereu Moura, Marcelo Rangel, Reinhold Stephanes Junior, Tadeu Veneri, Dr. Batista, Teruo Kato e Rosane Ferreira.

 São mais de 15 hospitais e entidades beneficentes voltados ao atendimento do setor que, juntos, podem receber quase 35 milhões para a compra de aparelhos e investimento em estrutura.

 Além do Hospital Cajuru, as outras entidades contempladas com são: APACN, ACOA, Hospital Nossa Senhora das Graças, Hospital Evangélico, Hospital Pequeno Príncipe, Santa Casa de Curitiba, Hospital São José dos Pinhais, Pequeno Cotolengo, Fundação Pró-Renal, Hospital da Universidade Estadual de Londrina, Hospital de Clínicas, Hospital Erasto Gaertner, Angelina Caron Hospital de Guaratuba e também os hospitais psiquiátricos do Paraná.

SOBRE O HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CAJURU: O Hospital Universitário Cajuru, adquirido pela APC em 1977, prioriza suas atividades para a clientela carente, com assistência médico-hospitalar em diversas áreas, além de servir de hospital-escola na formação de médicos e de profissionais na área de saúde.

 A chegada da PUCPR, em 1977, marca o início de uma era de transformações no Hospital Universitário Cajuru, com a oficialização do ensino médico, o aprimoramento do seu corpo clínico, a aquisição de novos equipamentos e o gradativo aumento do número de alunos das diversas áreas, ligadas ao Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. É, então, que o Hospital Universitário Cajuru se transforma num hospital de referência, com a ampliação de sua área de atuação e passa a ser conhecido, pela comunidade, como um hospital geral, além de um eficiente pronto-socorro.

 Recebe o reconhecimento de Hospital Universitário, em 1993, solidificando seu compromisso com a educação e abrindo caminho para a implantação do primeiro mestrado em Cirurgia do Trauma, do Brasil, em 1994.

 O Hospital Universitário Cajuru é um hospital geral que atende todas as especialidades médicas e dispõe do maior pronto-socorro do Paraná. Embora se caracterize como hospital universitário, possui atuação e padrão de atendimento capazes de integrar o desenvolvimento da pesquisa associada à humanização das atividades de Medicina geral, de urgência, curativa e preventiva.
 
REGULAMENTAÇÃO DA EMENDA 29: No início de novembro, Leprevost lançou uma campanha de mobilização da Emenda 29, que está parada no Congresso Nacional e pode garantir mais recursos para a saúde: segundo a proposta, todas as esferas de poder público serão obrigadas a designar respectivamente 10% (federal), 12% (estadual) e 15% (municipal) ao setor, garantindo qualidade de atendimento e melhoria efetiva da saúde.

Acesse www.neyleprevost.com.br/assinaturas e integre a ação em prol da melhoria da saúde no Paraná.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − sete =