LEPREVOST INSISTE QUE MINISTÉRIO DA SAÚDE LIBERE VACINAS PARA TODOS E ELOGIA FRUET POR QUEBRAR PROTOCOLO

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, continua cobrando do Ministério da Saúde a vacinação gratuita contra gripe A para todos os paranaenses. “Ainda não chegamos ao frio mais rigoroso” , alerta. Por outro lado, Ney elogiou o prefeito Gustavo Fruet que se sensibilizou e resolveu liberar as vacinas contra gripe para todas crianças, ao contrário do que determinava o protocolo do governo federal. 

A Secretaria Municipal de Saúde ampliou a vacinação para crianças com idade entre seis meses e 10 anos. A vacina está disponível nas 109 unidades básicas de saúde de Curitiba. O período de vacinação continua enquanto durarem os estoques. O deputado Ney Leprevost tem feito vários pronunciamentos e pedidos junto ao Ministério da Saúde pela liberação das vacinas para todo o Paraná. Segundo Leprevost a realidade climática do sul é diferenciada. Devido ao frio, as pessoas ficam em ambientes mais fechados e a proliferação do vírus é maior. Por isso é necessário à vacinação de todas as crianças. Quero agradecer ao prefeito Gustavo Fruet que ao invés de queimar as sobras como fazem os perdulários do Ministério da Saúde, está proporcionando as vacinas válidas para as crianças de até dez anos. Continuo na luta para que sejam liberadas também no interior ., disse Ney. 

As pessoas com doenças crônicas também podem ser imunizadas. Elas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Para ser imunizado, basta comparecer a qualquer unidade de saúde com a documentação necessária. 
Para receber a vacina, é preciso levar: Crianças: registro de nascimento ou carteira de identidade e carteirinha de vacinação. Idosos: documento de identidade Portadores de doenças crônicas: prescrição médica com o motivo da indicação da vacina.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =